Menu
22 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Economia

Custo da construção sobe 0,37% em setembro

Materiais, equipamentos e serviços acusaram variação de 0,16%

27 Set2016Da Agência Brasil12h32

O Índice Nacional de Custo da Construção registrou taxa de variação de 0,37% em setembro, resultado acima do verificado no mês anterior, de 0,26%, de acordo com o Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas.

Materiais, equipamentos e serviços acusaram variação de 0,16%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,26%. Dos quatro subgrupos, três apresentaram acréscimo em suas taxas, destacando-se material para acabamento, que passou de -0,25% para 0,1%.

O índice referente à mão de obra teve variação de 0,55%. No mês anterior, a taxa foi de 0,26%. A variação ocorreu devido à primeira parcela dos reajustes salariais de Brasília e ao início da captação da segunda parcela do reajuste salarial de São Paulo, praticado em janeiro.

O Índice de Confiança da Construção (ICST) subiu 2,1 pontos em setembro, atingindo 74,6 pontos, o maior nível desde junho de 2015. Esta é a terceira alta consecutiva, apesar de o indicador continuar em níveis muito baixos em termos históricos. Essa alta tem relação com a melhora das perspectivas no curto prazo.

Maior nível desde dezembro de 2014

O Índice de Expectativas avançou 3,4 pontos, atingindo 84,8 pontos – maior nível desde dezembro de 2014. A situação dos negócios para os próximos seis meses foi o que mais contribuiu para a alta do índice, com variação de 5,1 pontos em relação ao mês anterior.

O Índice da Situação Atual subiu 0,6 ponto, alcançando 64,8 pontos. Mesmo após a quarta alta, o resultado continua abaixo da média histórica. A principal contribuição para a alta veio da percepção das empresas em relação à situação atual dos negócios, que registrou elevação de 0,9 ponto em relação ao mês anterior, atingindo 66,1 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade do setor, em setembro, atingiu 64,8%, o equivalente a 0,3 ponto percentual acima do resultado de agosto, mostrando relativa estabilização do nível de atividade.

Veja Também

Fábrica de papéis pode se instalar em Três Lagoas após votação na Câmara
Maggi vai tratar com Rússia e China sobre embargo à carne brasileira
Procon divulga nova pesquisa sobre preços de combustíveis
Copa e namorados impulsionaram compras
Economia Copom inicia hoje reunião para definir taxa Selic Meta de inflação, que é de 4,5% neste ano, com limite inferior de 3% e superior de 6%
MS bate recorde na contratação do FCO em cinco meses em 2018
Confederação prevê nas vendas do setor de serviços em 2018
Copa do Mundo pode movimentar mais de R$ 20 bilhões
Exportações de MS crescem 45%
Caixa divulga novo calendário de pagamento do PIS