Campo Grande • 05 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da Agência Brasil | terça, 27 de setembro de 2016 - 12h32Custo da construção sobe 0,37% em setembroMateriais, equipamentos e serviços acusaram variação de 0,16%

O Índice Nacional de Custo da Construção registrou taxa de variação de 0,37% em setembro, resultado acima do verificado no mês anterior, de 0,26%, de acordo com o Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas.

Materiais, equipamentos e serviços acusaram variação de 0,16%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,26%. Dos quatro subgrupos, três apresentaram acréscimo em suas taxas, destacando-se material para acabamento, que passou de -0,25% para 0,1%.

O índice referente à mão de obra teve variação de 0,55%. No mês anterior, a taxa foi de 0,26%. A variação ocorreu devido à primeira parcela dos reajustes salariais de Brasília e ao início da captação da segunda parcela do reajuste salarial de São Paulo, praticado em janeiro.

O Índice de Confiança da Construção (ICST) subiu 2,1 pontos em setembro, atingindo 74,6 pontos, o maior nível desde junho de 2015. Esta é a terceira alta consecutiva, apesar de o indicador continuar em níveis muito baixos em termos históricos. Essa alta tem relação com a melhora das perspectivas no curto prazo.

Maior nível desde dezembro de 2014

O Índice de Expectativas avançou 3,4 pontos, atingindo 84,8 pontos – maior nível desde dezembro de 2014. A situação dos negócios para os próximos seis meses foi o que mais contribuiu para a alta do índice, com variação de 5,1 pontos em relação ao mês anterior.

O Índice da Situação Atual subiu 0,6 ponto, alcançando 64,8 pontos. Mesmo após a quarta alta, o resultado continua abaixo da média histórica. A principal contribuição para a alta veio da percepção das empresas em relação à situação atual dos negócios, que registrou elevação de 0,9 ponto em relação ao mês anterior, atingindo 66,1 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade do setor, em setembro, atingiu 64,8%, o equivalente a 0,3 ponto percentual acima do resultado de agosto, mostrando relativa estabilização do nível de atividade.

Veja Também
Receita deve liberar esta semana consulta ao último lote do IR 2016
Comércio funciona até mais tarde a partir de hoje
Empresários de MS pedem desburocratização no acesso ao FCO
Papai Noel traz valores do Natal para o ano inteiro
Renovada, parceria mantém desconto de até 50% para servidores
Número de assinantes de TV paga continua caindo por causa da crise econômica
Contribuintes podem quitar débitos com descontos de até 90%
Indústria de MS tem saldo positivo
Vendas de supermercados crescem 1,16% no acumulado do ano
quarta, 30 de novembro de 2016 - 10h45Inadimplência sobe 0,7% Consumidor de Campo Grande está devendo mais
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento