Menu
29 de maio de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Pandemia

Cresce número de famílias de Campo Grande que não conseguirão pagar contas

Em números absolutos, são 182.363 famílias endividadas em Maio, aponta pesquisa

21 Mai2020Da redação15h31

Dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumido (Peic) apontam que o número de famílias campo-grandenses com dívidas em cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguro, no mês de maio, teve uma ligeira alta em relação ao mês de abril.

De 57,2%, em abril, o índice passou para 58,4%, este mês. Já o percentual de famílias que não terão condições de pagar contas aumentou de 8,6% para 10,1%. Os dados são da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Em números absolutos, são 182.363 famílias endividadas em maio. Endividados com contas em atraso são 97.076 e os que não terão condições de pagar as contas são 31.431.

"Sem poder aquisitivo, as famílias não consomem. Com essa pandemia que atravessamos, muitas pessoas perderam suas rendas, total ou parcialmente, e isso reflete no consumo. E mesmo as que mantêm seu poder aquisitivo estão consumindo com cautela, devido à insegurança vivida no momento", explica a economista do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS), Daniela Dias.

O cartão de crédito continua na liderança como principal fonte de dívidas dos campo-grandenses (62,7%), seguido pelos carnês (28,6%). Financiamento de casa vem logo em seguida (16%) e financiamento de carro (12,7%).

Veja Também

Bolsonaro diz que auxílio emergencial deverá ter quarta parcela
Taxa de desemprego sobe para 12,6% em Abril, diz IBGE
Cidades do interior recebem R$ 1 milhão para melhorias de iluminação
Em queda pela quinta sessão, dólar fecha no menor valor em um mês
Petrobras aumenta diesel em 7% e gasolina em 5% nas refinarias
Abertas inscrições para 'Feira Online de Artesanato'
Movimento no comércio para o Dia dos Namorados deve ser 43% menor
Diferença de preços de produtos pet pode chegar a 250%
Pedro Juan Caballero corre risco de falir com 5 mil empresas fechadas
Caixa retoma pagamento do auxílio para 2,6 milhões nesta segunda