Menu
16 de agosto de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Studio Center - Black Friday da Fronteira 2018
Campo Grande

Copa deve injetar R$ 17 milhões no comércio

Projeção inclui vendas de adereços, alimentos, televisores e ingressos para acompanhar o Mundial

13 Jun2018Da redação13h13

As vendas de adereços, alimentos, bebidas, televisores e, inclusive ingressos para acompanhar os jogos da Copa Mundial de Futebol, devem movimentar, aproximadamente, R$ 17 milhões na economia de Campo Grande. É o que mostra sondagem do IPF-MS (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS), feita entre os dias 07 e 11 de junho.

 “Como a maioria permanecerá na própria cidade, a economia local se aquece e a sondagem visa perceber os hábitos de consumo no período dos jogos. Essa movimentação da Copa Mundial deve amenizar a queda de vendas esperada para o Dia dos Namorados, considerando a redução do número de pessoas que indicam estar em um relacionamento”, explica o presidente do IPF-MS, Edison Araújo.

A maioria assistirá aos jogos em casa (74,63%), na casa de familiares (43,28%), em bares e restaurantes (22,39%) e 18,84% no trabalho. Dos entrevistados, 2,84% informaram que pretendem ir à Rússia para torcer pelo Brasil.
 
Dentre os adereços que devem ser mais procurados, destacam-se: camiseta (51,47%) e bandeira (25%).  A pretensão de adquirir novo televisor foi apontada por 4,41% e 10,29% pretendem comprar fogos de artificio; 10,29% o chapéu; 8,82% o álbum de figurinha; 5,88% o mascote e 5,88% a bola.

 Para as comemorações não deverão faltar o churrasco para 50%, a cerveja (51,47%), a pipoca (33,82%) e o pastel (8,82%). Dos entrevistados, 30,36% disseram que gastarão até R$ 50,00 e 26,79% de R$51,00 a R$100,00. 

Veja Também