Menu
18 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Nacional

Confiança do empresário do comércio recua 0,9% entre junho e julho

Apesar da queda os empresários do comércio estão mais otimistas em relação ao futuro

24 Jul2017Da Agência Brasil10h26

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) recuou 0,9% entre junho e julho deste ano, segundo dados divulgados hoje (24) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Na comparação com julho do ano passado, no entanto, o indicador teve aumento de 16,7%.

Apesar da queda de 0,9%, os empresários do comércio estão mais otimistas em relação ao futuro do que no mês passado. As expectativas cresceram 1,1% entre junho e julho, puxadas por melhores avaliações sobre o futuro da economia (1,3 %) , do setor (1,3 %) e de sua própria empresa (0,8 %) .

Os empresários também estão mais confiantes em relação ao presente (0,2 %), resultado puxado pela melhora da avaliação sobre a situação de suas empresas (1,7 %) . As avaliações sobre a situação atual pioraram em relação à economia (-1,1 %) e ao setor (-0,6 %) .

A queda de 0,9% entre junho e julho (101,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos) foi puxada pelas intenções de investimentos, que recuaram 1,2% no período. Os empresários prevêem contratar menos empregados (-2,1 %) e investir menos na empresa (-0,8 %) , além de terem uma pior avaliação sobre seus estoques (-0,4 %) .

Veja Também

Exportação de industrializados cresce 26%
Banco Central divulga ranking de queixas a bancos no segundo trimestre
Comércio do centro tenta reduzir prejuízos
A partir desta segunda, consulta ao saldo do PIS está liberada
Má governança ambiental põe em risco a contribuição brasileira para o Acordo de Paris
Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias em 1,75%
Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor
Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias em 1,75%
Setores Rural e Empresarial contratam R$ 1,062 bilhão do FCO
Beleza cultural nos salões