Menu
26 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Greve dos bancos

Comando pressiona e Fenaban marca nova rodada de negociações

148 unidades bancárias estão com as atividades paralisadas em Campo Grande e região

27 Set2016Da redação08h42

A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) atendeu, nesta segunda-feira (26), à solicitação feita pelo Comando Nacional dos Bancários e confirmou uma nova rodada de negociações para esta terça-feira (27), às 14h, em São Paulo. Na sexta-feira, o Comando enviou um oficio a Fenaban para solicitar a volta das negociações da Campanha Nacional 2016. 

Após oito rodadas de reuniões, os bancos estão intransigentes e insistem num reajuste de 7%, um índice abaixo da inflação, mesmo com lucros exorbitantes de R$ 30 bilhões no primeiro semestre deste ano. Por outro lado, a categoria reivindica 14,78%, sendo que apenas 5% é ganho real. Os banqueiros também estão ignorando outras demandas dos trabalhadores, como: saúde, condições de trabalho, segurança, igualdade de oportunidades e garantia de emprego.

Nesta terça-feira, quando os bancários chegam ao 22º dia de greve, 148 unidades bancárias estão com as atividades paralisadas em Campo Grande e região. O número representa 92% das agências.

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região, Edvaldo Barros,  a força da mobilização da categoria foi uma das responsáveis pelo retorno das negociações. “Agora, esperamos que a Fenaban apresente uma nova proposta, que efetivamente atenda às reivindicações da categoria. Além do reajuste salarial, esperamos também discutir outras demandas dos bancários, como mais contratações e mais segurança nas agências”.

Veja Também