Menu
16 de junho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner Segov - Campanha Entregas
Economia

China retoma importações de carne bovina do Brasil

Ministra continuará negociando um novo protocolo com as autoridades sanitárias chinesas

13 Jun2019Agência Brasil17h17

A China anunciou a retomada das importações de carne bovina do Brasil que estavam suspensas desde 3 de junho, devido à notificação de caso atípico de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), conhecida como doença da vaca louca, detectado no estado de Mato Grosso.

A China é o único país, entre os importadores do Brasil, que tem protocolo sanitário que exige a suspensão temporária das importações de carne quando detectado caso atípico da doença.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, tomou conhecimento da notícia nesta madrugada. A ministra voltou a dizer que continuará negociando um novo protocolo com as autoridades sanitárias chinesas.

Segundo o ministério, “a doença foi confirmada em uma vaca de corte, com idade de 17 anos. Todo o material de risco específico para EEB foi removido do animal durante o abate de emergência e incinerado no próprio matadouro".

Demais "produtos derivados do animal foram identificados, localizados e apreendidos preventivamente, não havendo ingresso de nenhum produto na cadeia alimentar humana ou de ruminantes. Não havia, portanto, risco para a população”.

A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) encerrou, no último dia 3, o pedido de informações complementares do Brasil sobre o caso e concluiu não haver risco sanitário. As exportações de carne bovina continuaram normalmente para os demais países.

Veja Também

Artesãs revelam talentos em feira mensal
Cai liminar que impedia venda da fábrica da Petrobras em MS
Governador abre a 9ª Feira de Calçados
Na Capital, 195 mil contribuintes estão devendo impostos
Caixa Econômica devolve R$ 3 bilhões ao Tesouro Nacional
Comércio da Capital pode abrir nos dois feriados
Número de pessoas endividadas aumentou
Operação Dia dos Namorados multa quase 30% dos estabelecimentos fiscalizados
Receita abre consulta a 1º lote de restituição do IR 2019
Feriados alteram funcionamento do Ônibus Saladão