Campo Grande •29 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Segunda, 6 de Fevereiro de 2017 - 10h36Custo da cesta básica recuouCampo Grande está entre as cidades onde houve queda na cesta básica

Trabalhador está gastando menos com a cesta básica em Campo Grande
Trabalhador está gastando menos com a cesta básica em Campo Grande (Foto: Arquivo Diário Digital)

Valor da cesta em janeiro Campo Grande ficou em R$ 393,25 apresentando uma Variação mensal  -3,63% o que corresponde Variação anual  -4,69%. Para adquirir a cesta o trabalhador compromete 45,62% do Salário Mínimo Líquido o que corresponde a Tempo de trabalho 92h20m das horas de trabalho. Este foram os dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio econômicos (DIEESE).

Em janeiro, o custo do conjunto de alimentos essenciais diminuiu em 20 das 27 capitais do Brasil, As reduções mais expressivas ocorreram em Rio Branco (-12,82%), Cuiabá (-4,16%), Boa Vista (-3,94%), Campo Grande (-3,63%) e Curitiba (-2,97%). As elevações foram anotadas em algumas cidades do Norte e Nordeste: Fortaleza (4,64%), Aracaju (2,18%), Salvador (1,30%), João Pessoa (0,76%), Teresina (0,57%) e Manaus (0,18%). Em Brasília (0,22%) também houve aumento.

A cesta mais cara foi a de Porto Alegre (R$ 453,67), seguida de Florianópolis (R$ 441,92) e Rio de Janeiro (R$ 440,16). Os menores valores médios foram observados em Rio Branco (R$ 335,15) e Recife (R$ 346,44). Em 12 meses, entre janeiro de 2016 e o mesmo mês de 2017, 14 cidades acumularam alta. As elevações mais expressivas foram observadas em Maceió (15,99%), Fortaleza (11,89%) e Belém (8,52%). As reduções foram anotadas em 13 cidades, com destaque para Belo Horizonte (-6,71%), Campo Grande (-4,69%), Palmas (-4,45%) e Brasília (-4,23%).

O óleo de soja teve seu preço majorado em 25 capitais em janeiro, com destaque para o aumento em Goiânia (27,46%), Rio de Janeiro (16,30%) e Curitiba (14,00%). As reduções aconteceram em Boa Vista (-1,36%) e Rio Branco (-0,23%). Em 12 meses, o valor do óleo de soja cresceu em todas as cidades, com taxas entre 1,29%, em Manaus e 22,08%, em Goiânia.

Veja Também
Supermercados obtêm liminar para abrir no feriado
Reforma acaba com banalização de processos trabalhistas, diz presidente da Fiems
Dia do trabalhador fecha comércio e mercados na Capital
Governo antecipa salários e injeta R$ 450 milhões na economia
Vendas de carros leves tem aumento de quase 40%
Sem acordo, supermercados não abrem dia 1º de maio
Superintendente da Receita diz que meta de entrega do IR será atingida
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 10h35Inflação do aluguel cai e acumula variação de 3,37% em doze meses Esta última variação é utilizada como base de correção de preços em muitos contratos como o de reajuste do aluguel
Quarta, 26 de Abril de 2017 - 10h33Arrecadação federal cai 1,16% em março, informa Receita Valor chegou a R$ 328,744 bilhões, com crescimento de 0,08% no total
Quarta, 26 de Abril de 2017 - 08h30IBGE: 1,5 milhão de pessoas devem para seus empregadores Índice é de 2,5% entre os contratados de forma direta
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento