Menu
7 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Economia

Caixa e BB iniciam quinta fase de pagamento de abono do PIS/Pasep

Trabalhadores têm até 30 de junho de 2020 para sacar recursos

14 Nov2019Agência Brasil14h51

O abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) do calendário 2019/2020 começa a ser pago hoje (14) para os beneficiários nascidos em novembro e servidores públicos com final de inscrição 04.

A Caixa Econômica Federal é responsável pelo pagamento do abono salarial do PIS. Os pagamentos são disponibilizados de forma escalonada conforme o mês de nascimento do trabalhador.

Os titulares que possuem conta individual na Caixa com cadastro atualizado receberam o crédito automático antecipado na última terça-feira (12).

Os primeiros a receber o abono foram os nascidos em julho, no caso dos trabalhadores da iniciativa privada. Quanto aos servidores públicos, os que têm inscrição iniciada em zero.

Os trabalhadores que nasceram até dezembro recebem o PIS ainda este ano. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2020.

Os servidores públicos com o dígito final de inscrição do Pasep de 0 e 4 também recebem este ano. Já no caso das inscrições com o final entre 5 e 9, o pagamento será no próximo ano.

O limite para sacar os recursos do exercício 2019/2020 será no dia 30 de junho de 2020.

Veja Também

Negociação de débitos começa na segunda-feira
Energisa sorteia 30 geladeiras em ação social no Bairro Aero Rancho
Inicia amanhã saque imediato do FGTS para nascidos em Setembro e Outubro
Confira horário e funcionamento do comércio em Dezembro
Mercado financeiro eleva estimativa de inflação este ano para 3,29%
Sindicato das indústrias metalmecânicas de MS tem nova diretoria
Desvalorização da moeda se deve a fatores externos, diz Bolsonaro
Sicredi inaugura primeira agência em Ribas do Rio Pardo
Mercado financeiro eleva estimativa de inflação este ano para 3,52%
Bancos fazem mutirão para negociar dívidas em atraso