Menu
19 de novembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Economia

Cai liminar que impedia venda da fábrica da Petrobras em MS

24ª Vara Federal do Rio de Janeiro revogou decisão liminar que suspendia a venda de 100% das ações

15 Jun2019Da redação, com Agência Brasil11h11

Petrobras já pode retomar o programa de desinvestimento no setor de fertilizantes. De acordo com a companhia, a 24ª Vara Federal do Rio de Janeiro revogou a decisão liminar que suspendia a venda de 100% de sua participação acionária na empresa Araucária Nitrogenados S.A. (Ansa) e da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III), localizada em Três Lagoas (MS).

Agora, a Petrobras pode voltar ao processo competitivo para a venda dessas unidades. Para isso, a companhia continua com sua Sistemática para Desinvestimentos e se alinha ao regime especial de desinvestimento de ativos pelas sociedades de economia mista federais, conforme prevê o Decreto 9.188/2017.

“A operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando à geração de valor para os nossos acionistas”, informou a Petrobras em nota divulgada na noite desta sexta-feira (14).

A fábrica de Fertilizantes em Três Lagoas está sendo negociada com a estatal russa Acron. Segundo a multinacional russa, a partir do momento em que o contrato com a Petrobras for fechado, as obras da fábrica devem ser retomadas no prazo de um ano.

Veja Também