Campo Grande •17 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner SEGOV - Governo Presente 3 DETRAN/DESAFINADOS

Agência Brasil | Sexta, 28 de Julho de 2017 - 14h56Bandeira tarifária nas contas de energia de agosto será vermelhaBandeira vermelha foi acionada devido ao aumento do custo de geração de energia

A bandeira tarifária a ser aplicada nas contas de energia elétrica em agosto será vermelha, patamar 1, com acréscimo de R$ 3 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o fator que determinou o acionamento da bandeira vermelha foi o aumento do custo de geração de energia elétrica. Em julho, foi aplicada a tarifa amarela às contas.

Em nota, a Aneel justificou hoje (28) que, segundo o relatório do Programa Mensal de Operação do Operador Nacional do Sistema (ONS), o valor da usina térmica mais cara em operação, a Usina Termelétrica Bahia 1, é de R$ 513,51 megawatts-hora (MWh).

“Como o sinal para o consumo é vermelho, os consumidores devem intensificar o uso eficiente de energia elétrica e combater os desperdícios”, informou a agência.

Gastos extras

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração.

Quando chove menos, por exemplo, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país. A bandeira vermelha, patamar 1, é acionada nos meses em que o valor do Custo Variável Unitário (CVU) da última usina a ser despachada for igual ou superior a R$ 422,56/MWh e inferior a R$ 610/MWh.

Segundo a Aneel, a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma diferente de apresentar um valor que já está na conta de energia, mas que geralmente passa despercebido.

Veja Também
Faturas de cartões de crédito terão que mostrar taxas de juros cobradas
Em Dourados, adesão ao Refis segue até 22 de dezembro
Orçamento de 2018 prevê salário mímino de R$ 965
MS estenderá concessão de incentivos fiscais até 2033
Instituto Biomassa de MS vai atender empresas de todo o País
Lideranças empresariais recebem certificação em excelência sindical
Caminhão Quita Fácil da Caixa chega a Campo Grande
IPVA: entenda como é calculado o tributo e com base em que valores
Sexta, 15 de Dezembro de 2017 - 09h05Receita paga hoje o último lote do ano de restituição do Imposto de Renda Lote contempla cerca de 1,9 milhão de contribuintes, que vão receber R$ 2,88 bilhões
Programa que dá desconto a devedores é prorrogado
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento