Campo Grande •24 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super banner Governo MS - Semana nacional do trânsito

Agência Brasil | Quarta, 30 de Agosto de 2017 - 15h25Bandeira tarifária na conta de luz passa de vermelha para amarelaCor amarela significa acréscimo de R$ 2,00 a cada 100 quilowats-hora consumidos

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A bandeira tarifária para o mês de setembro será amarela, com acréscimo de R$ 2,00 a cada 100 quilowats-hora (kwh) consumidos na conta de luz. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o que determinou a mudança da bandeira de vermelha para amarela foi a melhora das condições hidrológicas nas regiões Sul e Sudeste.

Em agosto, a bandeira tarifária em vigor é a vermelha patamar 1, com acréscimo de R$ 3 a cada 100 kwh consumidos. Segundo o relatório do Programa Mensal de Operação do Operador Nacional do Sistema (ONS), o valor da usina térmica mais cara em operação é de R$ 411,92/megawatts/hora, o que determinou a redução da bandeira vermelha para a amarela.

Custo de acionamento das usinas termelétricas

A cor da bandeira tarifária depende do custo de acionamento das usinas termelétricas. O sistema de bandeiras tarifárias foi criado para recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração.

Quando chove menos, por exemplo, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país.

Segundo a Aneel, a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma diferente de apresentar um valor que já está na conta de energia, mas que geralmente passa despercebido.

Veja Também
Horário de verão pode ser extinto este ano; governo quer ouvir sociedade
Domingo, 24 de Setembro de 2017 - 10h25Horário de verão pode ser extinto este ano; governo quer ouvir sociedade Se a definição for pela enquete, ela será lançada no Portal do Planalto na próxima semana
Fiems e Senai vão discutir indústria do futuro no Estado
Nova lei aumenta juros para empréstimos a longo prazo pelo BNDES
Pesquisa estuda produção de energia alternativa em MS
CDL divulga nota de repúdio à Lei da Inadimplência
Quinta, 21 de Setembro de 2017 - 12h04Servidores vestidos de preto fazem protesto no Banco Central Funcionários querem apoio do BC para a aprovação da emenda 51
Expectativa de inflação dos brasileiros sobe para 6,7%, diz FGV
Supermercado troca desconto nas compras por bônus no celular
Em 2018, 41 municípios do Estado terão ICMS menor
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento