Menu
16 de outubro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Comportamento
4 Out 2019 09h10
Square FM Cidade

Assassino cospe em repórter que reage com microfonada: Nojento!

Precisamos ser respeitados enquanto  profissionais da imprensa! Neta quinta-feira pela manhã quando cheguei na TVMS Record vi uma movimentação louca nas redes sociais quando me deparei com a triste cena envolvendo a nossa colega jornalista Elisângela Carreira, da Band que durante mais uma cobertura foi agredida dentro da delegacia por um assassino. Isso mesmo: um homem, nojento, asqueroso, algemado chega na delegacia quando cuspiu na profissional.

Gente, ninguém tem sangue de barata. Além de nojento, desrespeitoso, a repórter revidou com uma microfonada no suspeito. Eu teria feito a mesma coisa ou até pior. Porque além de ter desrespeitado a imprensa ele a afrontou pelo fato de ser mulher? Achar que ela seria mais uma de um sexo frágil desta cultura machista?

E você o que faria? Qual seria a sua reação?

A PRISÃO

O homem, de 45 anos, de acordo com a Record TV foi preso suspeito de ter matado Aline da Silva Dantas, de 19 anos, uma moça que saiu para comprar fraldas para sua filha na cidade de Alumínio, no interior de São Paulo.

O suspeito foi identificado após a análise da pele embaixo das unhas  de Aline, que combinou com as digitais do homem. O suposto autor do crime tem 45 anos, trabalha como porteiro, é casado e tem dois filhos. A polícia investigava outros três homens  que não tiveram suas digitais correspondidas ao material encontrado.

O corpo de Aline foi localizado pela polícia no dia 11, num matagal da cidade, com sinais de abuso sexual e com algumas partes queimadas. Um dia depois do crime, ele teria voltado ao local onde estava o corpo e colocado fogo.

O suspeito já era fichado por uma tentativa de estupro, no ano de 2012. Ele nega que tenha praticado o crime. Segundo as investigações, não houve qualquer motivo para o crime: o suposto autor do crime teria abordado Aline aleatoriamente.

 

Voltar Compartilhar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

200

Leia Também

Mais de Rodrigo Nascimento