Menu
29 de fevereiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Comportamento
14 Fev 2020 18h02
Square Alinni Zorzi - PharmaCenter

Seja você a mudança na sua vida

A mudança começa quando você entende que quem define os papéis da sua vida, é você. Você para de ficar bravo questionando “por que fulano fez isso comigo”, e passa a perguntar: por que eu deixei fulano fazer isso comigo? Às vezes estamos em alguma situação e não sabemos como sair dela, temos a consciência de que estamos vivendo algo tóxico, mas arranjamos motivos, e justificativas que compensem, na nossa cabeça, permanecermos em determinada situação. Mas no fundo a gente sempre sabe, sentimos a revolta, ficamos bravo com o outro, mas a maior decepção é a nossa com nós mesmos.

 

Decepcionamo-nos com a atitude que não tivemos, com o que permitimos que o outro nos tenha feito, com o não que não conseguimos dizer. Ficamos bravos porque não conseguimos nos posicionar e dizer: eu não mereço isso, eu mereço mais. O problema é quando, ao invés de tomarmos uma atitude para resolver, paralisamos. Todos paralisamos em algum momento, mas uma hora precisamos continuar caminhando.

 

Precisamos nos pegar pelas mãos e dizer: chega! Você já aceitou o suficiente, já se anulou o bastante, já deixou de viver muita coisa, já tentou se convencer por muito tempo que estava tudo bem. Mas a verdade é que não está tudo bem e você precisa mudar o que está fazendo hoje, para amanhã ter o que você realmente almeja na vida.

 

As coisas não mudam sem sairmos do lugar e darmos o primeiro passo. A vida não fica te esperando, ela acontece. Então pare de achar que uma dor que você teve lá atrás vai sarar sozinha, que o tempo apagará as angustias, que o seu medo é coisa passageira.

 

Entenda que você terá que trabalhar duro para se recompor, que você terá que se dedicar aos seus problemas porque eles te farão enxergar a verdadeira felicidade. Eles não são seu inimigo, eles não são fruto do acaso. Você plantou cada um deles e está colhendo. Colha com amor, olhe bem nos olhos deles e os ame, não fuja, não é o momento de correr, é o momento de ficar e aprender, é o momento de conhecer a si mesmo.

Um momento único em que você pode se pegar pelas mãos e dizer: está tudo bem, você precisa seguir em frente.

 

Alinni Zorzi

Voltar Compartilhar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

200

Leia Também

Mais de Alinni Zorzi