Menu
30 de março de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Comportamento
21 Mar 2020 18h03

Feliz dia da poesia!

Muitos me perguntam como consigo ter tanta inspiração para escrever todos os dias. Eu me pergunto: como ficar sem escrever? 

Escrever é uma forma de passar a limpo meus sentimentos e angústias. É um puxão de orelha, um desabafo, eu tentando me entender e me explicando para mim mesma. 

A escrita me salva todos os dias da ansiedade, me coloca em um estado de calmaria sem fim. Escrevo para sobreviver a tanta ansiedade, escrevo para não enlouquecer, escrevo para conhecer essa pessoa que está no espelho me indagando todos os dias o que estou fazendo aqui. 

Escrever é abrir as gavetas da alma e tentar organizá-las, deixar tudo arrumadinho mesmo sabendo que vai bagunçar de novo. Escrever é não guardar pequenas coisas que podem se transformar em grandes problemas sem solução. 

Escrevo sobre o que sinto, mas já entendi que estamos todos no mesmo barco e que nossos sentimentos são todos parecidos. Então escrevo, para mim, para olhar para a vida e sentir ela de várias formas diferentes, para ver graça nas pequenas coisas, para colocar sentimentos no papel que nem sabía possuir. 

É um desabafo de dentro pra fora, um lugar em que posso ser eu mesma e me entregar. Escrevo para me sentir  livre!

Alinni Zorzi #poesia #quarentena #escrever 

Voltar Compartilhar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

200

Leia Também

Mais de Alinni Zorzi