Campo Grande •23 de Maio de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Segunda, 15 de Maio de 2017 - 08h27PMA dá curso de policiamento ambiental para policiais federais, civis, rodoviários e militaresTurma inclui policiais também de outros estados

(Foto: Divulgação)

A Polícia Militar Ambiental (PMA) inicia nesta segunda-feira (15.5) o  Curso de Policiamento Ambiental com 38 policiais, incluindo agentes federais, PRFs, policiais civis e da PM. A turma inclui policiais também de outros estados. 

A abertura e aula magna ocorre no auditório do Tribunal de Contas, a partir das 8h, com participação do comandante da Polícia Militar, coronel Waldir Ribeiro Acosta, do secretário de Justiça e Segurança Pública José Carlos Barbosa, e do comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, tenente coronel Jefferson Vila Maior, Essa é a 12ª edição do curso, fechando o ciclo com a formação de 400 policiais das diversas forças de segurança.

As demais aulas serão ministradas no quartel da Polícia Militar Ambiental na Capital e em vários pontos do Estado, com treinamento prático.

Com duração de 10 dias em 130 horas/aula, o curso objetiva ao treinamento e aperfeiçoamento dos Policiais Militares Ambientais advindos de outras Subunidades da Polícia Militar, para o desenvolvimento dos trabalhos de fiscalização, no intuito de prevenir e reprimir os crimes e infrações ambientais de forma mais efetiva e aperfeiçoar a confecção das autuações, para se evitar perdas jurídicas por possíveis falhas nos autos, tanto na instância penal, civil e administrativa, bem como unificar procedimentos por todas as Subunidades da PMA no Estado. 
 
Das forças de outros estados participam um major da PM de Pernambuco; dos capitães da PM e dois policiais civis do Piauí; um tenente de Mato Grosso; quatro policiais rodoviários federais e quatro agentes da PF.

A participação dessas forças de segurança no treinamento é fundamental para aperfeiçoar o combate e prevenção aos crimes ambientais, haja vista que muitas atitudes contra o ambiente são crimes e de competência constitucional de ação de todos os órgãos de segurança.

As seguintes disciplinas fazem parte do curso: legislação e fiscalização aplicada a proteção à flora; transporte de produto florestal; legislação e fiscalização aplicada a proteção à fauna; legislação e fiscalização aplicada a proteção ao recurso pesqueiro; legislação e fiscalização aplicada a agrotóxicos; legislação e fiscalização aplicada a atividades potencialmente poluidoras; legislação e fiscalização aplicada a proteção à unidades de conservação; perícias ambientais; legislação e fiscalização em crimes contra o ordenamento urbano e patrimônio cultural e contra o a administração ambiental; gestão de criadores de passeriformes silvestres – SISPASS; direito ambiental aplicável à fiscalização; jurisprudência ambiental – estudo de caso; uso do georreferenciamento na fiscalização ambiental; licenciamento de atividades do setor florestal; noções básicas para utilização do GPS; técnicas de contenção e manejo de animais silvestre; técnicas de abordagem embarcada e suas variantes; manutenção de 1º escalão em motores de popa; noções básicas para condução de embarcação; técnicas de embarque e desembarque em embarcação; treinamento físico militar; noções básicas de armamento leve e aulas práticas.

Cursos dessa natureza são fundamentais para aprimorar a fiscalização ambiental e, principalmente, qualificar e subsidiar os autos para assegurar a punibilidade dos autores de infrações e crimes ambientais. Além deste Curso, a PMA de MS ainda oferece mais três cursos para o efetivo e convidados de outras forças de segurança e Estados. São eles: O Curso de Operações em Policiamento Ambiental (COPAM); o Curso de Nivelamento e o Curso de Taxidermia e Educação Ambiental.

Veja Também
Eldorado está com 16 vagas de trabalho abertas no Mato Grosso do Sul
Qualifica Campo Grande abre seleção para contratar profissionais
Sesc realiza clube de conversação em inglês gratuito
Prefeitura convoca 267 candidatos aprovados em concursos de 2013 e 2016
Centro Internacional de Negócios oferece curso na área têxtil
Vagas para pedreiros e instalador de redes e cabos na Capital
Vagas para encarregado de açougue, serigrafista e passador de roupas
Segunda, 22 de Maio de 2017 - 12h13Senai está com matrículas abertas para 20 cursos técnicos em 11 cidades Todos eles são disponibilizados na modalidade presencial, enquanto apenas 6 deles são oferecidos na modalidade EAD
Segunda, 22 de Maio de 2017 - 11h20Moradores do Dom Antônio Barbosa recebem ação itinerante da Funsat Ação itinerante levou atendimentos diversificados na área do trabalho dando acesso a informações e serviços
Provas da seleção de estagiários serão neste domingo na UCDB
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento