Menu
18 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Oportunidades

Mestrado em Letras da UEMS abre seleção para estágio de pós-doutorado

Bolsa mensal consiste no pagamento de mensalidades de R$ 4.100,00 diretamente ao bolsista

20 Abr2019Da redação11h02

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Letras, nível de Mestrado, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Campo Grande, divulga a abertura das inscrições para uma vaga para Bolsa de Estudos de Supervisão em nível de Pós-Doutorado com início em abril de 2019, vinculado às seguintes Linhas de Pesquisa: Literatura, História e Sociedade e Historiografia Literária.

Com Bolsa A bolsa PNPD/CAPES engloba dois aportes financeiros distintos: a bolsa mensal e o pagamento de recursos de custeio anual. A bolsa mensal consiste no pagamento de mensalidades de R$ 4.100,00 diretamente ao bolsista. O aporte anual de recursos de custeio será iniciado em data a ser posteriormente divulgada pela CAPES. Essa verba destina-se a subsidiar atividades de pesquisa do bolsista, tais como a sua participação em eventos como congressos, encontros e simpósios. O repasse dos recursos de custeio e as normas de sua utilização acompanham o programa de fomento ao qual o PPG está vinculado.

As inscrições serão realizadas até 22 de abril de 2019, das 12h às 16h, na Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Letras, na Unidade Universitária de Campo Grande ou pelo  endereço eletrônico pgletras@uems.br, conforme regras do edital.

Requisitos para se candidatar

Possuir o título de doutor, quando da implementação da bolsa, obtido em cursos avaliados pela CAPES e reconhecidos pelo CNE/MEC. Em caso de diploma obtido em instituição estrangeira, este deverá ser analisado pelo Programa de Pós-Graduação;
Disponibilizar Curriculum Vitae atualizado na Plataforma Lattes do CNPq ou, se estrangeiro, Curriculum com histórico de trabalhos científicos;
Não ser aposentado ou estar em situação equiparada;
O candidato poderá se inscrever desde que:
a) seja brasileiro residente no Brasil, com vínculo empregatício público;
b) (se estrangeiro) residir no Brasil, ter visto de permanência e ser servidor público vinculado à universidade: estadual, federal ou municipal;
c) ser docente ou pesquisador no país com vínculo empregatício em instituições de ensino superior ou instituições públicas de pesquisa.
Os objetivos do PNPD, descritos pela CAPES, concentram-se em: 

I – promover a realização de estudos de alto nível;
II – reforçar os grupos de pesquisa nacionais;
III – renovar os quadros dos Programas de Pós-Graduação (PPG) nas instituições de ensino superior e de pesquisa;
IV – promover a inserção de pesquisadores brasileiros e estrangeiros em estágio pós-doutoral, estimulando sua integração com projetos de pesquisa desenvolvidos pelos Programas de Pós-Graduação no país.

Confira o edital nas páginas 24 e 25 do Diário Oficial de MS de 11 de abril de 2019: http://www.spdo.ms.gov.br/diariodoe/Index/Download/DO9881_11_04_2019.

Veja Também

Prefeitura abre inscrições para curso EAD em finanças para jovens
Comarca de São Gabriel do Oeste selecionará estagiários
Vagas para estágio de administração, engenharia e jornalismo
Inscritos em concurso da saúde podem consultar locais da prova
Vagas para analista, eletricista e contador
Publicada classificação final de seleção para escolas de Anhanduí
Abertas inscrições para cursos gratuitos na Capital
JBS abre 153 vagas na Capital e interior de MS
Vagas de emprego em escolas do campo
IFMS abre 10 vagas para professor substituto