Menu
9 de abril de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Oportunidades

Juíza nega liminares e seleção de professores tem prosseguimento

Conforme a prefeitura, não haverá prejuízo aos que atenderam às exigências do edital

17 Fev2020Da redação17h11

A juíza Drª Aline Beatriz de Oliveira Lacerda, após analisar os mandados de Segurança Coletivo impetrado contra decisão do Município, alegando falta de razoabilidade na exigência da apresentação do histórico escolar na prova de títulos, ou seja, antes da convocação dos aprovados no Processo Seletivo Simplificando (PSS) para a contratação de professores, indeferiu o pedido e, com isso, o processo segue normalmente sem prejuízo aos que atenderam às exigências do edital.

Desse modo, na próxima segunda-feira (17), deve ser publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Mato Grosso do Sul, a classificação dos candidatos aptos a assumirem aos cargos pretendidos.

Decisão - "Conclui-se, portanto, nessa análise preliminar, típica das medidas liminares, que não se encontra suficientemente comprovada a lesão a direito líquido e certo dos impetrantes a justificar a anulação de processo seletivo simplificado para contratação de servidores temporários de LIVRE contratação e exoneração."

Veja Também

Fundação oferece curso online de ovo de páscoa
Empresa de serviços financeiros abre vagas de emprego em Campo Grande
Programa Jovem Aprendiz dos Correios oferece 66 vagas em MS
Funsat reabre parciamente a partir de hoje
Prorrogadas inscrições para 50 bolsas com remuneração de R$ 4 mil
Concurso com salário de até R$ 10 mil recebe inscrições até hoje
Hospital Regional de Ponta Porã abre seletivo para 37 vagas
MEC abre 31,7 mil vagas de cursos técnicos e de qualificação em EaD
Vagas para empregado doméstico e mecânico
IEL disponibiliza 21 cursos grátis na modalidade EaD