Campo Grande •29 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Segunda, 10 de Abril de 2017 - 12h54Festival Universitário de Audiovisual prorroga inscrições para produções inéditasNeste ano Festival distribuirá R$ 5 mil, R$ 1.600 e R$ 700 para os três primeiros colocados em cada uma das oito categorias em disputa

(Foto: Divulgação)

Foram prorrogadas até o dia 12 de maio as inscrições para a 9ª edição do Festival Universitário de Audiovisual (FUA), premiando obras produzidas por estudantes universitários ou recém-formados de todo o Brasil. Neste ano o Festival distribuirá R$ 5 mil, R$ 1.600 e R$ 700 para os três primeiros colocados em cada uma das oito categorias em disputa.

Cada participante poderá concorrer somente com um trabalho por categoria ou subcategoria, onde serão avaliadas a narrativa, a linguagem e a estética dos vídeos e peças radiofônicas, buscando inovação, ousadia na exploração de temas e de técnicas.

A Mostra Competitiva acontece de 31 de agosto a 1º de setembro. A premiação está marcada para o dia seguinte. A ficha de inscrição está disponível no site da Fundação Estadual de Cultura de MS.

O Festival vem com um novo formato: “Esta edição tem categorias mais modernas, atualizadas e repaginadas, até o valor de premiação é muito maior visando a valorização do produtor audiovisual, além da proposta de oficinas para 2017”, conta a coordenadora do Núcleo de Audiovisual da Fundação, Lidiane Lima.

Nos últimos anos o FUA colaborou com o crescimento de produções audiovisuais no Estado, garantindo espaço para a produção independente e estimulando a formação de novos talentos no ramo, como Leo Coutinho, Essi Rafael, Thiago Moraes e outros.

“O Festival tem o intuito de estimular a produção local. Grandes nomes do nosso audiovisual passaram por ele. O fato de abrir para todo o Brasil com certeza estimula os produtores daqui a desenvolverem algo com mais criatividade e qualidade. Além do contato, a troca de experiência com gente de fora, é importante saber o que se produz além do Mato Grosso do Sul”, comentou a gerente de Difusão Cultural da Fundação de Cultura, Soraya Ferreira.

Confira as categorias:

Categoria I – Vídeo:

Subcategoria I. a) Vídeo Ficção: seqüência elaborada de imagens e sons reproduzidos tecnicamente utilizando uma narrativa imaginária, mesmo que parcialmente baseada em fatos reais. A forma como estes elementos reproduzidos são organizados leva o espectador à percepção de uma realidade à parte. Esta realidade faz sentido somente dentro do filme, e neste limite exclusivo ela é coesa e coerente.

Duração: até 15 minutos.

Subcategoria I. b) Vídeo Documentário: corrente cinematográfica que se caracteriza pelo compromisso com a exploração da realidade, mesmo que parcial e subjetiva. John Grierson, criador do termo cinema documentário assim define: “O documentário é o tratamento criativo da realidade”.

Duração: até 15 minutos.

Subcategoria I. c) Vídeo Reportagem Jornalística: O vídeo reportagem está inserido no âmbito da produção jornalística e como tal deve atender aos preceitos jornalísticos. Desta forma pode informar, analisar ou discutir ideias, mas elas devem necessariamente referir-se à realidade.

Duração: até 5 minutos

Subcategoria I. d) Vídeo Publicitário: é a peça audiovisual de uma campanha publicitária. Esta deve atender às necessidades publicitárias do produto, marca, serviço ou ideologia a que se refere sem a necessidade de peças complementares.

Duração: exatamente 15 segundos ou exatamente 30 segundos.

Subcategoria I. e) Videoclipe: Os elementos básicos constituintes do videoclipe são a música, a letra e a imagem, que, manipulados, interagem para provocar a produção de sentido. Os aspectos (características) de como estes elementos são construídos incluem a montagem, o ritmo, os efeitos especiais (visuais e sonoros), a iconografia, os grafismos, e os movimentos de câmera, entre outros. Para essa categoria será necessário a autorização da banda ou artista para a realização do vídeo. Duração: até 7 minutos.

Subcategoria I. f) Vídeo Experimental/Arte: é uma forma de expressão artística que explora a tecnologia do videotape e da televisão como forma, linguagem e suporte para obras multimídias, como videoinstalações, videopoemas, videoperformances, videoesculturas, videodança e videotextos, entre outras. No final dos anos 60, o desenvolvimento da tecnologia portátil do vídeo e o seu barateamento fizeram com que ele passasse a integrar os recursos disponíveis para muitos artistas visuais.

Duração: até 05 minutos.

Categoria II – ANIMAÇÃO: Animação é um processo em que cada fotograma de um filme é produzido individualmente. Podendo ser gerado por computação gráfica ou fotografando uma imagem desenhada ou objeto repetidamente,  fazendo apenas pequenas mudanças. Quando os fotogramas são ligados entre si o filme resultante é uma ilusão de movimento contínuo.

Duração: até 5 minutos.

Categoria III – RÁDIO: Programa Radiofônico – Gênero de Variedades: Durante muito tempo este gênero foi conhecido como Rádio-Revista e tem como característica a mistura em um único programa dos vários gêneros existentes, baseando-se principalmente no tripé música-informação-entretenimento. Durante as décadas de 1940 e 1950 eram apresentadas, neste tipo de programa, as famosas radionovelas (que serviram de base para as telenovelas de hoje). Também é comum que o Programa de variedades privilegie o setor de prestação de serviços. A versatilidade de assuntos possibilita que este tipo de programa se dividida em assuntos/quadros. O papel do locutor é o de garantir a descontração da transmissão, sem que sua participação tenha interferência direta no material que está sendo difundido. Isto significa que neste gênero de programa o foco central é a mistura de assuntos, e não a presença de um determinado apresentador.

Duração: até 15minutos.

Veja Também
Prefeitura de Três Lagoas abre Processo Seletivo Simplificado
Vagas de trabalho para serviços gerais e agente de atendimento
Consultora ensina regras de etiqueta e decoração de mesas
Vagas de estágio para Educação Física,  Arquitetura e Urbanismo e outros
Eldorado oferece vagas de trabalho em Três Lagoas e Bataguassu
Vagas de trabalho para nutricionista e psicólogo
Confira vagas de trabalho ofertadas no interior do Estado
Abertas inscrições para oficinas gratuitas na plataforma cultural
Terça, 25 de Abril de 2017 - 09h40Funsat intinerante atende nos bairros nesta terça-feira Ação visa levar aos moradores da região serviços de intermediação de empregos
Instituto Luther King oferece curso gratuito de informática avançada na Capital
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento