Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Oportunidade

Campo Grande: 2ª Feira do Trabalho deve receber até 8 mil pessoas

Até o momento, 67 órgãos governamentais, instituições, sindicatos, federações e empresas confirmaram participação

28 Ago2017Da redação09h19

O Ministério do Trabalho (MTb) espera um público de 7 mil a 8 mil pessoas na 2ª Feira do Trabalho, no próximo sábado (2), em Campo Grande (MS). O evento, organizado pela Superintendência Regional do Trabalho do Mato Grosso do Sul (SRT-MS) em parceria com a Escola Legislativa da Câmara Municipal de Campo Grande, o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Campo Grande, será realizado no campus da Universidade Federal (UFMS). Até o momento, 67 órgãos governamentais, instituições, sindicatos, federações e empresas confirmaram participação. “Nosso objetivo é ampliar esse tipo de feira para todos os estados, porque é uma oportunidade de oferecer diversos serviços aos trabalhadores, sem custos, por meio de parcerias”, explica o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que confirmou presença no evento de Mato Grosso do Sul.
 
Durante a feira, os visitantes poderão fazer sua Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), o requerimento do Seguro-Desemprego na unidade móvel do Ministério do Trabalho. A SRT-MS também está preparando palestras e dará orientações sobre o mercado de trabalho. Um dos destaques é a possibilidade de cadastrar currículos para ofertas de emprego em balcões de órgãos parceiros.
 
O superintendente regional do Trabalho no Mato Grosso do Sul, Vladimir Struck, relata que, na primeira edição da Feira do Trabalho, realizada em 26 de junho, no estacionamento da Câmara de Vereadores, a Fundação Social do Trabalho de Campo Grande (Funsat) zerou seu balcão de empregos. A expectativa é de que a oferta e a procura por vagas aumentem na próxima edição. “As atividades da Feira do Trabalho beneficiam os trabalhadores que já estão atuando no mercado e aqueles que ainda buscam um emprego. E todos os serviços são gratuitos”, destaca o superintendente.
 
Serviços - A população também terá acesso a exames médicos, emissão de carteira de identidade, cartão do SUS e oficinas em várias áreas, além de orientação sobre alvará de construção, licença ambiental, IPTU, FGTS, PIS e produtos de seguridade, entre outros serviços oferecidos pelos parceiros do Ministério.
 
Graças à parceria com a UFMS, a segunda edição oferecerá um Espaço Pet. “Os acadêmicos de veterinária vão participar da feira, fazendo atendimentos para quem quiser levar seu animal”, diz Vladimir Struck.
 
Durante o dia, haverá atividades de esporte, lazer e cultura no próprio campus. Já à noite, outra atração será um torneio entre seis times de futebol, representando órgãos públicos que participam da feira, no Estádio Morenão.
 
Na primeira feira, mais de 1,8 mil pessoas foram atendidas, superando as expectativas, que era de até 1,2 mil visitantes. Naquela edição foram oferecidos 23 serviços públicos e gratuitos à população campo-grandense. Segundo Struck, o sucesso fez aumentar o número de parceiros interessados e a organização decidiu transformar a feira em um evento mensal.
 
Foi definido, então, um calendário que prevê duas feiras em setembro e outras três de outubro a dezembro. Para ajudar a orientar os visitantes, o Ministério planeja lançar um aplicativo da Feira do Trabalho, em conjunto com Acadêmicos e Professores de Informática da UFMS, e um website do evento.
 
SERVIÇO:
 
2ª FEIRA DO TRABALHO MS
Data: 02/09/2017
Horário: das 8h às 17h (prestação de serviços); palestras à noite.
Local: Campus da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (Corredor Central)
Realização: Superintendência Regional do Trabalho do Mato Grosso do Sul, Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Campo Grande, Prefeitura Municipal de Campo e Governo do Estado do MS.

Veja Também

Plataforma oferece 23 mil bolsas de estudo em faculdades de MS
Senac recebe inscrições para cursos na área de informática
Indústrias podem reservar vagas em cursos técnicos do Senai
Sebrae oferece palestra para quem deseja abrir um negócio
Capital terá curso pioneiro de pós-graduação em gastronomia
Vagas de trabalho para supervisor e vendedora
Funsat atende no Bairro Nova Lima neste sábado
Empresa do grupo Oi abre 100 vagas na Capital
MPF abre convênio de estágio com universidades e escolas
UFGD disponibiliza vagas para estágio na instituição