Menu
16 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Oportunidades

Abertas inscrições para o concurso público do TJMS

São 560 vagas, com salários variando de R$ 4.913,79 a R$ 5.636,96

7 Ago2017Da redação13h00

Foram abertas nesta segunda-feira, 7 de agosto, e seguem até as 16 horas do dia 18 de setembro as inscrições para o VIII Concurso Público de Provas para a Estrutura Funcional do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul. São 560 vagas, com salários variando de R$ 4.913,79 a R$ 5.636,96.

Para efetivar a inscrição, o candidato deverá acessar o endereço eletrônico www.pucpr.br/concursos,  link  Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, durante o período das inscrições, preencher o cadastro (completo); preencher o formulário eletrônico de inscrição no Ambiente do Candidato; imprimir o boleto bancário, exclusivamente via internet, e efetuar o pagamento da importância de R$ 85,00 para os cargos de Analista Judiciário (Área Fim ou Área Meio); e R$ 100,00 para os cargos de Técnico de Nível Superior (qualquer especialidade), impreterivelmente, até o dia 18 de setembro de 2017, nos Bancos autorizados, observado o horário de expediente bancário. Todas as informações e disposições sobre a isenção da taxa de inscrição do concurso e a forma de inscrição das pessoas com deficiência estão no edital do Concurso.

O certame visa formar cadastro de reserva para futuro e eventual provimento na estrutura funcional do  Judiciário de MS, no curso do prazo de validade do Concurso, à medida do interesse e conveniência da Administração. O cadastro de reserva será formado para os cargos de Analista Judiciário –  Bacharel em Direito, Analista Judiciário – Bacharel em Administração e Técnico de Nível Superior, nas seguintes especialidades: Analista Técnico Contábil, Analista de Sistema Computacional, Bibliotecário, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Arquiteto, Médico, Odontólogo, Assistente Social, Psicólogo, Jornalista e Estatístico.

Retificação – Está publicado no Diário da Justiça desta segunda-feira (7) o Edital nº 2, com a retificação de itens e a inclusão de capítulo no Edital de Abertura, dentre outras alterações.

Contato – Qualquer dúvida acerca das regras do concurso, o candidato deve contatar o Serviço de Atendimento ao Candidato do Núcleo de Processo Seletivos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, de segunda a sexta-feira, úteis, das 10 às 17 horas (horário de Brasília) pelo endereço eletrônico tjms@pucpr.br.

Saiba mais – A prova objetiva está marcada para o dia 29 de outubro, em Campo Grande/MS, em local e horário a serem divulgados pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR no mínimo 20 dias antes da aplicação da prova.

Para o cargo de Analista Judiciário – Bacharel em Direito, o caderno de provas consistirá de 60 questões objetivas, contendo cinco alternativas, com apenas uma correta, sendo 20 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos. Para os demais cargos, serão 20 questões de  Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos.

A prova objetiva será de caráter eliminatório e classificatório. Serão considerados aprovados na prova objetiva os candidatos que obtiverem o mínimo de 50% de aproveitamento do total de pontos nas questões de Conhecimentos Específicos e, no mínimo, 50% de aproveitamento no total de pontos da prova objetiva, além de outros casos previstos no Edital. O resultado final do Concurso será homologado pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul e publicado no Diário da Justiça.

Os candidatos aprovados formarão cadastro reserva, para efeitos de futura e eventual nomeação, considerando o quantitativo-limite de classificados, nos termos do que estabelece o Anexo I do Edital. A classificação final dos candidatos aprovados terá por base o total de pontos obtidos na prova objetiva.

O concurso terá validade de 2 anos, a contar da data da publicação oficial da homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul.

As vagas surgidas, no curso de validade do concurso, em decorrência do desligamento do titular do Quadro de Pessoal do Poder Judiciário por motivo de aposentadoria, exoneração e óbito, demissão ou remoção, serão providas por servidor do quadro de pessoal do Poder Judiciário, por meio de remoção, na forma da Norma Estatutária; e por candidatos habilitados neste Concurso.

As informações sobre atribuições do cargo e remuneração, conteúdo programático, recursos, homologação, nomeação e disposições gerais estão todos contidos no Edital de abertura do concurso.

Veja Também

Poder Judiciário fará leilão de carros e bens inservíveis
Faculdades do Senai prorrogam inscrições do Vestibular de Inverno
Empresa abre unidade na Capital com 30 vagas de trabalho
Rede de restaurante abre 30 vagas de emprego
Bazar do Pátio Central oferece descontos de até 70%
Inscrições prorrogadas para Programa de Estágio da Lojas Americanas
Fapec divulga os gabaritos das provas do concurso público
Senac da Capital oferece oferece qualificação em áreas técnicas
Vagas para açougueiro desossador para trabalhar em Santa Catarina
Cursos gratuitos para cozinheiros e garçons serão em agosto