Campo Grande •21 de Fevereiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Águas Guariroba - Campanha Águas Faz Mais

Da redação | Segunda, 4 de Setembro de 2017 - 19h47Professor da Reme lança livro sobre cultura popular da CapitalObra tem o enfoque contribuir com a preservação e difusão cultural

(Foto: Divulgação)

Ibirocai. Este será o nome do livro que será lançado amanhã (05), às 19h, no Centro de Formação da Secretaria Municipal de Educação – Semed, criado pelo professor Leonardo Vieira, da Escola Municipal Prof. Adair de Oliveira, que propõe um passeio pelas ruas e avenidas da Capital, desvendando informações que se instauraram durante o tempo.

O livro tem o enfoque contribuir com a preservação e difusão cultural em conjunto com a figura do professor, principalmente ao professor de arte, que almeja levar um pouco de Campo Grande à sala de aula.

De forma lúdica o livro propõe entregar uma linguagem lúdica. Os contos dialogam com o imaginário da cidade e trazem histórias que permeiam a vida do Campo-grandensse.  A obra foi elaborada com o intuito de valorizar a própria cultura de Campo Grande.

A temática do livro rodeia a cultura dos povos que vieram como os índios, paraguaios, japoneses, árabes mineiros, português e outros. São contados histórias, mitos, causos ou lendas, amorosas e mirabolantes.

No evento também irá ter participação de uma orquestra, contação de historias e de exposição de taiko, um tipo de apresentação de dança japonesa com tambores. Também, na oportunidade do evento, serão sorteados aos visitantes livros.

Também será sorteado para o público presente um quadro de uma obra de arte exclusiva. O público estará concorrendo a posters com a temática do livro.

Exemplares do livro Ibirocai foram distribuídos por todas as Escolas da Rede Municipal de Educação – REME. O livro esta em sua primeira edição e foram confeccionados ao todo seis mil livros.

Ibirocai - Ibirocai vem da língua guarani e significa “águas que rolam”; das águas que pela expressão popular “não movem mais moinhos”, mas abrem caminhos para novos tempos; de outrora, hoje e amanhã; da vida que anseia mudança; da herança, cultura e tradição; da modernidade e da evolução.

O livro teve incentivo do FMIC – Fundo Municipal de Investimento Cultural, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo – SEMIC.

Veja Também
Feira Central poderá se tornar Patrimônio Cultural e Imaterial
Núcleo Artístico Jair Damasceno reestreia peça Salomé F.P.
Escola que homenageou fotógrafo vence o carnaval
Pré-venda para 'Nada a Perder' gera filas na Capital
Mulheres estão menos tolerantes ao assédio no carnaval, dizem foliãs
Após adiamento, escolas de samba vivem indefinições
Corumbá conhecerá campeões do carnaval na tarde de hoje
Festa de família, Cordão Valu se despede do carnaval
Avenida do samba recebe ajustes finais para os desfiles
Comitiva pantaneira desfilará na avenida do samba
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento