Menu
6 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Corumbá

Orquestra que usa instrumentos feitos com materiais recicláveis abre festival

Festival América do Sul Pantanal 2019 começa no dia 14 de Novembro às 21h

11 Nov2019Da redação13h59

Como o lixo pode se transformar em música e esta música transformar a realidade social de uma comunidade? A resposta o público vai poder conferir durante o Festival América do Sul Pantanal 2019. A Orquestra de Instrumentos Reciclados de Cateura, no Paraguai, vai se apresentar na abertura oficial, no dia 14 de novembro, às 21 horas, na Praça Generoso Ponce, em Corumbá.

A Orquestra de Instrumentos Reciclados de Cateura é a primeira orquestra do mundo a usar instrumentos feitos a partir de produtos reciclados do lixo. A orquestra surgiu a partir de uma oficina de educação musical direcionada para crianças e adolescentes da comunidade de mesmo nome, formada a partir do lixão no subúrbio de Assunção, no Paraguai.

A dificuldade foi conseguir instrumentos para todos os participantes, problema que o professor de música, Flávio Chavez, e o diretor da orquestra, Luis Szaran, solucionaram com a ajuda de um morador da favela, Nicolas Gomez. O artesão Nicolas começou a fabricar os instrumentos com objetos retirados do aterro sanitário de onde os pais das crianças tiram o sustento como catadores de lixo.

O repertório principal é a música clássica, mas a orquestra também interpreta sucessos do pop, do rock’n’roll e canções regionais da guarânia e polca paraguaia. O grupo já se apresentou em vários países do mundo, inclusive no Brasil, em 2012, na Rio +20.

Em 2010, foi feito um documentário sobre a orquestra, do diretor estadunidense Graham Townsley, que o dirigiu com Brad Algood e Juliana Peñaranda-Loftus. O filme estreou em 18 de março de 2015, nos Estados Unidos, e atualmente está sendo exibido na TV por cabo, no Brasil.

Toda esta beleza, a poesia da transformação da realidade de uma comunidade onde a taxa de criminalidade era alta e a pobreza e falta de oportunidades imperavam, vai poder ser vista, ouvida e sentida durante o Festival América do Sul Pantanal 2019. A música que vem do lixo, que transforma e atribui significado à vida vai ser apresentada no dia 14 de novembro, às 21 horas, na Praça Generoso Ponce, em Corumbá. Venha para o Festival conferir estas e outras atrações.

Veja Também

Sesc Cultura terá oficina sobre animação infantil
Sesc Cultura terá Circo Le Chapeau, espetáculo de dança e mostra de filmes
Professor da UFGD lança livro sobre aplicação da Lei de Drogas do Brasil
Orquestra Corumbaense de Viola Caipira se apresenta no Sesc da Capital
Escrito em 1971, livro de Ulysses Serra enaltece a 14 de Julho
Programação infantil do Sesc tem colagem com glitter e cineminha
Semana com samba, música regional e chamamé argentino no Sesc Morada dos Baís
Sesc infantil tem oficina de argila, histórias para bebês e cineminha
Grupo da UEMS apresenta dois espetáculos de dança neste mês
Semana musical terá do samba ao blues no Sesc Morada dos Baís