Menu
16 de fevereiro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Dança

Oficina de Forró na Capital recebe professor de Brasília

Wesley de Andrade ensinará o forró pé de serra e o estilo Roots

1 Fev2019Da redação20h00

Por amor a dança, mais especificamente ao forró, Michele Lima largou sua carreira como Bióloga e se dedica há quatro anos a disseminação da dança de salão em Campo Grande. Professora na Escola de dança Harmonia, ela organiza na próxima semana, dia 07, 08 e 09, a segunda edição Oficina de Forró com o professor Wesley de Andrade, da Academia Lá na Dança e UNB, em Brasília.

“Ele vai compartilhar os conhecimentos do forró pé de serra e o Roots, estilo que começou em eventos de forró em Itaúnas (ES), e que retoma as raízes do verdadeiro forró pé de serra. Esse estilo tem como principal característica a dança com um abraço mais fechado, com conexão corporal mais presente, onde movimentações de pernas são mais evidentes”, explica a organizadora do evento.

Sobre o forró - Ritmo originalmente nordestino, o forró tem se espalhado por diversas regiões reunindo muitas pessoas onde a harmonia dos instrumentos como o triângulo, zabumba e sanfona é um convite a dançar. “São três os estilos de forró mais conhecidos: forró pé de serra, forró universitário e forró eletrônico. Destes, o pé de serra tem sido o mais praticado na nossa região, com o xote e o baião de Gonzaga e Dominguinhos”, afirma a Michele.

Democrático, o forró tem se fortalecido também fora do Brasil com a presença de professores brasileiros em países como Japão, Portugal, Estados Unidos, Canadá e Rússia.

Michele conta que, assim como outros estilos, o forró evoluiu muito. “Dançar somente o tal do "dois pra lá, dois pra cá", pode até parecer simples. Mas dançar em harmonia com o outro, em conexão, dançar com a música, é muito além disso. Interpretar a música com seu corpo é incrível. Transmitir a mensagem que a música nos traz é mais incrível ainda”.

E é graças a este amor à dança que a profissional não cansa de viajar para buscar mais conhecimento sobre o forró e sempre se preocupa em promover aqui eventos como este. “O principal objetivo é divulgar ao máximo o forró em Campo Grande, trazendo novos conhecimentos e novas possibilidades para que as pessoas possam conhecer e desfrutar da riqueza que o ritmo possui. Independente se já fez aula ou não, este evento é aberto para todos”, finaliza.

Serviço - A Oficina de Forró acontecerá na Escola de Dança de Salão Harmonia, R. Bahia, 963, nos dias 7, 8 e 9 de fevereiro e terá turmas diferentes de iniciantes e intermediários. A programação também integra dois bailes para praticar a dança, que será o tradicional Forró de Quinta, no dia 7 a partir das 21h30, e o “Baile da Oficina de Forró”, que será dia 9, a partir das 21h. Os valores da oficina é R$ 80,00 individual e R$130,00 o par. Já a participação no Forró de Quinta é R$ 8,00 e o Baile da Oficina de Forró é R$15,00 antecipado e R$20,00 na hora. Mais informações no telefone (67)98406-9842.

Veja Também

Corumbá lança programação do Carnaval 2019
Feira do Livro no Pátio Central Shopping
Produtora seleciona meninas para atuar em curta-metragem
Abertas as inscrições para concorrer à Bolsa Cultura 2019 da UFGD
7ª MAD abre edital de seleção de filmes de curta-metragem
UFGD seleciona shows musicais para o projeto Celebração 2019
Corumbá realiza concurso de marchinhas no dia 23 de fevereiro
Sesc Corumbá abre seleção de projetos de artes plásticas
Cinema do Sesc tem sessão acessível, títulos nacionais e asiáticos
Corumbá inicia preparativos para Carnaval