Menu
20 de maio de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
MPB em Luto

Morre a sambista Beth Carvalho

Hospital informou que não divulgaria causa da morte

30 Abr2019Agência Brasil19h58

A cantora e compositora Beth Carvalho morreu, aos 72 anos, no final da tarde de hoje (30), no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, zona sul do Rio, onde estava internada desde janeiro deste ano. O hospital informou que não vai divulgar a causa da morte da artista. Mais informações sobre a morte da sambista vão ser divulgados pela assessoria da cantora.

Com mais de 50 anos de carreira e com dezenas de discos lançados, Beth Carvalho lançou nomes como o cantor Zeca Pagodinho, que só se referia a Beth como madrinha, além de Arlindo Cruz e Almir Guineto e o próprio grupo Fundo de Quintal, que ficou famoso por meio da cantora. Zeca Pagodinho ficou muito abalado com a notícia e, por intermédio de sua assessoria, disse que "não tinha condições de falar hoje".

Na tradicional roda de samba do Cacique de Ramos, Beth Carvalho lançou diversos compositores que se destacaram nas rodas de samba, que era realizada todas as quartas-feiras, embaixo do pé de uma tamarineira. Mangueirense de coração e torcedora do Botafogo, suas duas grandes paixões, Beth também lançou o cantor e compositor Jorge Aragão, entre outros.

Beth Carvalho sofria de um problema de coluna há vários anos e recentemente fez alguns shows deitada em uma cama, sem conseguir sentar por causa das fortes dores.

Na página oficial da artista nas redes sociais foi divulgado o seguinte texto:

"Queridos amigos e fãs, nossa querida Beth Carvalho partiu hoje as 17h33, cercada do amor de seus familiares e amigos. Agradecemos todas as manifestações de carinho e solidariedade nesse momento. Beth deixa um legado inestimável para a música popular brasileira e sempre será lembrada por sua luta pela cultura e pelo povo brasileiro. Seu talento nos presenteou com a revelação de inúmeros compositores e artistas que estão aí na estrada do sucesso. Começando com o sucesso arrebatador de ‘Andança’, até chegar a Marte com ‘Coisinha do Pai’, Beth traçou uma trajetória vitoriosa laureada por vários prêmios, inclusive um Grammy pelo conjunto da obra. Assim que possível, informaremos sobre o sepultamento".

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, soltou uma nota lamentando a morte de Beth Carvalho. Ele disse que a música da cantora é trilha sonora de sua vida. "Seus sambas embalaram da minha infância até os dias de hoje". Ele se solidarizou com os familiares e amigos da sambista. "Essa grande intérprete do samba carioca reuniu, ao longo de cinco décadas, fãs de todas as idades, unindo o país em torno da beleza da sua voz e das suas canções".

Veja Também

Artista plástica lança exposição com memórias da infância na Capital
Cultura de MS por Idara Duncan
Cantor Diogo Nogueira é atração na 20ª edição da Feijoada do FAC
Arraial de Santo Antônio terá astros nacionais
Sesc Cultura recebe workshop sobre movimento corporal 'Run like a girl'
Advogado de MS lança livro com dicas para prova da OAB
Concurso escolherá o hino oficial da UFMS
Inscrições abertas para quadrilhas juninas do Arraial de Santo Antônio
Artista plástica lança livro infantil amanhã
Começa hoje 1º Festival de cenas curtas