Menu
18 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Arte

MARCO recebe exposição de pinturas e desenhos de artista paulistano

Vernissage da exposição “Re-Posições” de Ismael Oliveira será na sala grande do museu de arte

11 Jan2019Da redação16h16
(Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)

O Museu de Arte Contemporânea MS (Marco), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) realizará no próximo dia 16 de janeiro (quarta-feira), às 19h30, a vernissage da exposição “Re-Posições” de Ismael Oliveira que  será na Sala Grande do MARCO.

A exposição intitulada “Re-Posições” será composta no total de 30 obras sendo 17 trabalhos em papel na técnica guache e nakim e 13 telas de pintura em óleo e acrílica. A exposição “Re-Posições” do artista Ismael Oliveira foi selecionada através do edital MARCO -4a Temporada de Exposições 2019.

Nesta mostra Ismael contextualiza elementos derivados da arquitetura, de figuras humanas, de formas orgânicas e geométricas por meio do entrelaçamento de imagens desenvolvendo a ideia de fragmentação, combinação e rede.

Suas obras destacam o confronto de elementos captados da vida contemporânea com elementos abstratos e seres informes, criando paisagens e situações insólitas.

“Re-Posições” é continuação de suas séries anteriores intituladas, “O-Posições”, “Sobre-Posições” e Pro-Posições, respectivamente, onde já trabalhava a ideia formal de sobrepor elementos geométricos e orgânicos; formas figurativas e informais.

“Re-Posições”, termo composto, pode significar a tentativa de recombinar certos elementos ou situações que têm seu lugar cifrado criando novas e inesperadas significações e resultados visuais. Em “Re-Posições”, Ismael trabalha com a temática do corpo e do espírito humano contrapondo com diversos elementos que circundam a vida.

Para uma melhor compreensão do desenvolvimento da linguagem e temática Ismael propõe nesta mostra justapor sua fase recente “Re-Posições” com alguns trabalhos de sua fase anterior “Pro-Posições” em que compõe elementos com uma abordagem mais abstrata criando paisagens e atmosferas onde as figuras ficam em certo estado de suspensão, rompendo com a gravidade, criando flutuações.

Como novidade, cabe ressaltar que em algumas obras, o artista desenvolveu títulos que são quase poemas, demarcando sua grande influência da poesia e dos escritos orientais HaiKai que são pequenos poemas de duas ou três linhas bem simples e frases aparentemente desconexas mas com profunda significação.

Serviço - A exposição estará aberta à visitação até 03 de Março 2019, de terça a sexta- feira das 7h30 às 17h30 horas e sábado, domingos e feriados das 14h às 18h. Mais

informações podem ser obtidas no MARCO, na Rua Antônio Maria Coelho, 6000, Parque das Nações Indígenas ou pelo telefone (67) 3326-7449.

Veja Também

Pátio Central é endereço da arte e cultura
Sesc Cultura tem arte e cineminha para crianças de graça
Turnê do bailarino Thiago Soares fará seleção de dançarinos na Capital
Sesc Cultura realiza oficina de palhaçaria só para mulheres
Festival do Sobá tem atrações até domingo
Sesc Cultura abre inscrições para os cursos de arte
Artesãs 'ceramizam' a história da Capital
Companhia de dança leva oficinas e espetáculos a escolas públicas
Delinha se apresenta no Sesc Morada dos Baís
‘Crítica Literária’ é tema de palestra na Academia de  Letras de MS