Menu
18 de fevereiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Cultura

Luís Pedro Scalise expõe arte sustentável em shopping da Capital

Obras inspiradas nas flores são grandiosas como a natureza e dão uma nova função às sucatas

2 Nov2019Da redação08h11
(Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)

Integrante do time do Diário de Influência -- plataforma social que inclui influenciadores digitais de todo Estado -- o artista plástico Luís Pedro Scalise executa projeto Reflorescer, uma exposição que vai além de obras, no Shoppping Bosque dos Ypês, em Campo Grande.

As obras inspiradas nas flores são grandiosas como a natureza e dão uma nova função às sucatas que pelas mãos do artista plástico Luís Pedro Scalise, transformaram-se em 10 peças exuberantes.

“As peças foram criadas a partir de material de ferro retirado de aterros de entulho e também de ferros-velhos, materiais que já tinham sido jogados fora e se transformaram em obras de arte. Todas são uma releitura das minhas telas em formato 3D e cada uma tem peso de meia tonelada e 3 metros de altura. Cada peça é um vaso florido que pode ser usado em jardim, hall de entrada e grandes recepções”, contou Scalise.

Além da experiência estética o visitante vai poder conhecer mais sobre o universo da reciclagem no Brasil, por meio de painéis educativos com informações sobre as práticas que dão destinos mais nobres aos materiais que antes eram descartados na natureza.

A exposição segue até o dia 9 de Novembro na praça central do Shopping Bosque dos Ipês. A entrada é gratuita.

 

Veja Também

Escolas de samba de Corumbá fazem ensaio técnico neste domingo
Aquidauana promove Carnaval Ecológico de Piraputanga
Mostra de Cinema reverencia o samba em sessões gratuitas
Projeto leva pagode e MPB à 14 de Julho neste domingo
Criançada tem Oficina de Estêncil e cineminha no Sesc Corumbá
Literatura, cinema e música na semana do Sesc Cultura
7° Baile do Servidor será no dia 15 de Fevereiro
Prorrogadas inscrições do concurso de Momo e marchinhas
Carnaval de Corumbá já começou e deve movimentar R$ 13 milhões
Cursos gratuitos de música, dança, teatro e audiovisual