Menu
23 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Carnaval 2018

Comitiva pantaneira desfilará na avenida do samba

Escola Unidos do São Francisco abrirá o desfile do grupo especial na terça-feira

11 Fev2018Valdelice Bonifácio09h12
(Foto: Marco Miatelo)
  • Detalha do carro abre-alas da escola de samba Unidos da São Francisco, a primeira a desfilar na noite de terça-feira, 13 de fevereiro
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

Abre a porteira que a comitiva vem aí. O destino dela não são os campos e sim a avenida do samba de Campo Grande, a Alfredo Scaf.  A escola Unidos do São Francisco escolheu o samba enredo “MS 40 anos de Comitiva Pantaneira”, de autoria de Thompson Rosas, para disputar o carnaval deste ano.  Na noite da próxima terça-feira, 13 de fevereiro, a agremiação abrirá o desfile do grupo especial.

Conforme o presidente da escola Ali Mahmoud Atlas, o samba Comitiva Pantaneira foi elaborado após o Liga das Escolas de Samba de Campo Grande (Lienca) propor que todas as agremiações homenageassem os 40 anos de Mato Grosso do Sul, sugestão que foi prontamente aceita pelos dirigentes. “A comitiva pantaneira marcou época no transporte de gado e continua até hoje. Então, em nossa concepção representa bem nosso Estado”, afirma Ali.

Além do gado, o pantanal estará representado na avenida em fantasias e alegorias que remetam aos indígenas e a plantas do Cerrado, por exemplo.

A expectativa na escola é grande. Mesmo com o orçamento apertado, a ideia é fazer bonito na avenida. Em 25 anos de existência, a Unidos do São Francisco já subiu e desceu do grupo especial quatro vezes e não quer voltar para o grupo de acesso.  “Estamos cientes que é difícil vencer. Mas, estamos trabalhando para permanecer no grupo especial”, afirma o dirigente.

A escola gastou R$ 35 mil no carnaval deste ano. A unidos do São Francisco se apresentará com 250 integrantes, sete alas, três carros alegóricos e um abre-alas.

Além da Unidos da São Francisco, também disputam o título no grupo especial a Igrejinha com o enredo 40 anos de criação do Estado de Mato Grosso do Sul. Em terras pantaneiras, tem samba sim senhor; Unidos da Vila Carvalho (Lendas do Mato Grosso do Sul); Catedráticos do Samba (Com as mãos e a garra de um povo sonhador, surge um novo Estado. 40 anos de Mato Grosso do Sul – Aquidauana: Começa aqui o Pantanal) e Deixa Falar (Cio da Terra - 40 anos de MS, uma viagem nas lentes de Roberto Higa). Todas desfilarão na noite de terça-feira.

A apuração das notas será na quinta-feira, dia 15, na Concha Acústica Família Espíndola, na Praça do Rádio Clube, no Centro de Campo Grande,  a partir das 17 horas.

Veja abaixo a letra do samba-enredo da Unidos do São Francisco:

MS 40 anos de Comitiva Pantaneira

 

Toca do berrante e avisa aí

A São Francisco em comitiva está aqui

Peão boiadeiro vem pela estrada

É carnaval e lá vem a estourada...e viajando...

 

Viajando...ooo... vem conduzindo a vida

Desbravando grandes vastos assim é nossa comitiva

Que vem celebrar 40 anos desta terra querida

São Francisco hoje vem brilhar e

levar nosso samba para avenida

 

Chora viola sertaneja

Abre a porteira

Hoje a festa é no asfalto

Da comitiva pantaneira

 

Vem chegando oooo com estórias e mitos e lendas

Ao final do seu destino boiadeiro

Segue seu caminho através das serras do nosso pantanal

Com seu berrante anunciando o sonho de menino.

 

Letra e música: Thompson Rosas

Veja Também

Livro homenageia ícones da cultura de MS
‘Campo Grande na Tela’ passa por três instituições de ensino
Livro sobre crítica cultural será lançado nesta terça-feira
Shopping sedia 1ª Semana do Orgulho Nerd
UEMS apresenta espetáculo neste fim de semana na Capital
Grupo Acaba lança novo CD em mostra audiovisual
Universidade Federal promove oficinas de artes gratuitas
UEMS vai ajudar Feira Central a virar Patrimônio da União
“A Universalidade dos Artistas Plásticos Sul-Mato-Grossenses”
Obra de Manoel de Barros presente no Festival da América do Sul