Menu
24 de julho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Campo Grande

Pinturas gigantes são revitalizadas

Paineis com aves da fauna de MS, desenhados em prédio no Centro da Capital, recebem nova pintura

19 Jun2019Valdelice Bonifácio14h33
(Foto: Gabriel Torres)
  • Cleir está revitalizando a pintura em um andaime elétrico a 55 metros de altura
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)
  • (Foto: Gabriel Torres)

Os pássaros da fauna de Mato Grosso do Sul pintados em prédios no Centro de Campo Grande são um deleite para os olhos em meio às construções de cimento. Eles são obras do conhecido artista plástico Cleir e estão sendo revitalizadas. O trabalho é feito em um andaime elétrico a 55 metros de altura.

Originalmente, as pinturas foram feitas há 19 anos nas paredes do Edifício 26 de Agosto, localizado na rua de mesmo nome. São duas aves, uma de cada lado do prédio, um Papagaio Verdadeiro e uma Arara Vermelha. Esta é a primeira restauração das obras da 26 de Agosto.

O trabalho começou pelo papagaio que está ganhando cores vivas novamente. “Estou mantendo as cores originais. Tirei apenas o preto”, relata Cleir. O serviço começou no dia 10. No alto do andaime, ele conta com a companhia do auxiliar Luiz Carlos. As duas aves devem estar totalmente restauradas até meados de Agosto, quando pretende entregá-las.

Cleir sente prazer ao encantar as pessoas pintando a fauna do Estado, por isso é reconhecido como um dos artistas que mais retrata a essência de MS. “É um privilégio sair na janela de casa e ver araras, papagaios e diversas outras aves e, inspirado nisso, no ano 2000 pintei estas aves no prédio”, relembra.

Fazer trabalhos nas ruas, onde o público pode apreciar abertamente, é outro prazer do artista. “Prefiro os trabalhos nas ruas onde as pessoas possam ver. Gosto de ir ao encontro do público. Nas galerias, poucas pessoas têm acesso. Agora mesmo, nesta revitalização, as pessoas param ficam olhando, filmando. Essa interação é bem legal”, afirma.

Com base nesse raciocínio, ele se orgulha de ter espalhado arte por Campo Grande. As obras mais conhecidas são a Praça das Araras, Monumento do Sobá (Feira Central) e o Monumento Pantanal Sul (Aeroporto), Arara Azul (Bristol Exceler Plaza). Há ainda obras em Dourados, Três Lagoas, Bonito, Bodoquena, Aquidauana, Corumbá, Ponta Porã e Ladário.

Na Capital, a restauração das obras tem sido possível graças ao apoio da cooperativa Sicredi. A parceria começou em 2017 com a revitalização da arara azul que emoldura o edifício do hotel Bristol Exceler Plaza, na Av. Afonso Pena. Meses depois, ele recuperou o monumento Pantanal Sul, conhecido como “Tuiuius do Aeroporto” de Campo Grande.

Veja Também

71ª Reunião da SBPC terá programa cultural
Espetáculo
Festival tem espetáculo feito a partir de materiais descartáveis
Diretoria de Cultura oferece oficina de roteiro para Cinema, TV e Teatro
Semana musical do Sesc Morada dos Baís tem chorinho, rock e MPB
Museu abre inscrições para nova turma de Pintura
Engenheiro escreve livro sobre história do saneamento em MS
Cia de Dança traz a Bonito espetáculo inspirado na Bossa Nova
'Corrida das Drag' começa neste sábado no Centro Cultural
Polvo gigante com 3 mil balões será estrela da Palhasseata no sábado