Menu
24 de setembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Victor Center
Arte e cultura

Novo recado de Marilu Guimarães

Casa de Arte e Cultura (Cac) será inaugurada com exposição “Mulher Fazendo Arte”

14 Mar2018Elaine Silva - Especial para Diário Digital07h20
(Foto: Luciano Muta)
  • Apresentação do projeto acontece dia 28 de março
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)

Estando a poucas semanas de inaugurar um espaço destinado a arte e a cultura, a ex-deputada (estadual e federal) ex-vice-prefeita Marilu Guimarães e ex-comunicadora  diz que o espaço é mais destinado  a ratrair pessoas que possam compartilhar conhecimentos com os mais novos. Apesar a experiência como política Marilu destaca que o foco vai ser  a parte cultural do espaço.

“Não dá para dissociar educação, cultura e arte, essa integração que vai fazer um pensamento político melhor. O nosso objetivo é que através da sua arte da comunicação, arte da fotografia, da arte da dança, teatro, gastronomia, nós vamos contanto um pouco dessa coisa chamada política, nós vamos falar de politica fazendo arte. Não podemos dizer não vamos falar de politica, precisamos falar de política, não partidária, mas precisamos falar com foco num pensar diferente, atuante, de como a gente vai conversar com os políticos”, finaliza a coordenadora e dona do projeto Marilu Guimarães.

O projeto Casa de Arte e Cultura (Cac) é totalmente gratuito que busca educar para pensar politicamente através da arte e trabalhar com o social. “O foco mais importante da Cac é que ele é social. O projeto joga a experiência do convidado, para quem está estudando aqui, espalhando para as comunidades que não tem acesso a isso. A principio é um grupo fechado, por enquanto”,  informa Marilu.

Toda essa experiência descrita vai ser uma das marcas registradas da casa, que vai oferecer sempre, rodas de discussão onde serão relatadas essas experiências a serem compartilhadas. “Eu quero passar um pouco de conhecimento, diálogo e discussão, fazendo rodas de discussão, nós vamos sentar com pessoas que já tiveram experiência em diversas áreas, para que elas possam passar para a 'meninada' esse conhecimento”, complementa Marilu.

Abertura – “O evento 'Mulher Fazendo Arte’, abre a Cac, trazendo a arte da política, música,  pintura entre várias outras  formas de arte, vamos falar de tudo aqui. O importante é que  essas mulheres deixem seu recado, nesse mês que estamos com foco total nas mulheres”, relata Guimarães.  A inauguração vai acontecer no dia 28 de março.

Experiência  - Marilu Guimarães iniciou sua carreira como artista, dando aula de dança. "Foi uma coisa assim muito complicado, porque o preconceito da época era muito difícil, levando uma mulher ser rotulada. Às vezes elas estavam fazendo dança e não gostavam muito da roupa, eu até brincava vocês querem fazer de burca não pode, a roupa de balé é essa", conta Marilu.

 "Ao longo da minha vida eu enfrentei preconceitos, a gente como mulher, nossa senhora, isso aqui era uma cultura onde só se fala de boi e vaca. Antes falar de cultura era mais complicado hoje não. Agora temos uma abertura enorme, eu acho que nos andamos mais ainda não chegamos lá ainda", complementa Guimarães. Após a dança a ex-deputada federal foi apresentadora de televisão por 20 anos.

Política - Depois da vida artística, Marilu encarou a vida política. “Me rendeu uma experiência, um amadurecimento a todos os sonhos. Nessa época consegui mostrar um trabalho muito incrível, relacionado as meninas vítima de violência, que podemos ver em alguns lugares hoje, então eu fico bem feliz que a semente planta lá, quando a gente não tinha legislação e não tinha nada, ela ficou  e foi crescendo, hoje nós estamos vendo as pessoas discutindo isso com muita tranquilidade, eu fico super mega feliz”, relata Guimarães.

Lembranças  - “Em relação ao meio ambiente eu era chamada de poeta, quando estava na política discutindo o meio ambiente e ai as pessoas falavam 'Isso ai não é comum não, vamos discutir meio ambiente, que negócio de camada de oxônio é essa? Isso é mentira'”, relembra Marilu.

Tempo -  Após  a política a ex-prefeita decidiu que era hora de parar  e escrever. Ela foi circular em comunidades em buscar de ver os resultados do que tinha passado (em termos de política). Atualmente Marilu comando o Projeto Casa de Arte e Cultura (Cac), que irá levar a política por meio da arte.

Serviço -  Para participar do eventos no Cac é necessário se inscrever  pelo site. A participação e inscrição é totalmente gratuita.

Veja Também

“Cinema e Literatura” faz reflexões sobre adaptações literárias
‘O Amor e o Resto – da Culinária ao Caos’
Abertura do Festival Mais Cultura será dia 24 no Teatro Glauce Rocha
Conectando dança e tecnologia, Cia Dançurbana apresenta espetáculo FLUZZ
Inscrições para o Festival de Artes Plásticas seguem até dia 27
Curta ‘O Amor e o Resto – da Culinária ao Caos’ será lançado segunda no MIS
Projeto Só Rock no Horto é adiada para o dia 23
Só Rock no Horto volta neste domingo
Divulgada programação do Festival Literário de Dourados
Interior sediará evento nacional de capoeira