Menu
26 de junho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Cultura

Almir Sater realiza show na UFGD neste domingo

No repertório, público poderá conferir clássicos como É Necessário, Comitiva Esperança, Um Violeiro Toca e outras

24 Mai2019Da redação15h15

No domingo, 26 de maio, o cantor Almir Sater realiza o show de encerramento da 7ª Mostra Audiovisual de Dourados (MAD-UFGD). A apresentação acontece no campus da UFGD (Unidade 2) a partir das 19h.

No repertório, o público poderá conferir clássicos como É Necessário, Comitiva Esperança, Um Violeiro Toca, além de músicas mais recentes, como D de Destino, parceria com Renato Teixeira e Paulo Simões que foi indicada ao Grammy em 2016.

A coordenadora de cultura da UFGD, Gicelma Chacarosqui, convida toda a comunidade douradense e dá dicas: “levem suas cangas, banquinhos, tereré e chimarrão e curtam bastante”. No local, haverá praça de alimentação com foodtrucks e cantinas do Centro de Convivência da UFGD. Caso chova, o show acontecerá no auditório da Unidade 2, na mesma data e horário.

Transporte - Para quem vai até o campus de transporte público, a Viação Dourados fez parceria com a Universidade e vai disponibilizar ônibus específicos para o show, saindo do Transbordo a partir das 18h, conforme lotação, e retornando da mesma forma, a partir de 21h30.

Esclarecimento - Devido ao atual contingenciamento de gastos, tem-se questionado a realização e valor do show de encerramento. Nesse sentido, a reitoria esclarece que o orçamento da Mostra Audiovisual foi empenhado ainda no ano passado. O planejamento das ações realizado antecipadamente pela equipe da UFGD fez com que os recursos para a Mostra sejam oriundos do exercício 2018, não tendo sido afetados pelos cortes do governo que estão ocorrendo pelo Ministério da Educação.

Para além do MS - “A Mostra Audiovisual de Dourados é um projeto de extensão que projeta a UFGD para além dos muros do MS, atingindo 17 estados do país através do Grande Prêmio MAD. Assim a UFGD cumpre sua função social e afirma cada vez mais o credenciamento da extensão junto à sociedade. A extensão e a própria universidade é mantida com nosso impostos, desta forma, fazer extensão como devoluta social é uma obrigação da Universidade”.

Veja Também

Eldorado integra Mapa do Turismo
Sábado infantil do Sesc tem oficina, cinema e teatro
Pinturas gigantes são revitalizadas
Programação especial no MIS celebra Dia do Cinema Brasileiro
Festival de Inverno de Bonito terá criatividade do BaianaSystem
Cine Sesc destaca o Cinema Novo, Tropicália e drama cotidiano
Sesc tem oficina de monotipia e cinema para crianças neste sábado
Tradicional Arraial do Banho de São João terá quatro dias de festa
Arraial da Capital começa nesta quinta-feira
Cine Sesc tem filme que marcou o cinema novo e drama francês