Menu
19 de fevereiro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto

Governo é Governo

4 Fev201905h32PorLaureano Secundo

Tanto em Brasília quanto em Mato Grosso do Sul a eleição das mesas diretoras da Câmara dos Deputados, Senado Federal e Assembleia Legislativa ficou claro que quando o "Governo" decide entrar  na disputa pode fazer a diferença. A eleição de dois nomes do DEM , partido aliado  de primeira hora do presidente Bolsonaro  para as presidências da Câmara Federal e do Senado teve uma forte participação do Ministro Onix  Lorenzoni cujo partido já tem participação na administração Bolsonaro.

Em Mato Grosso do Sul o Governo do Estado teve facilidade para ocupar as duas principais posições na mesa diretora da Assembléia com as eleições de Paulo Corrêa (PSDB) para presidente e Zé Teixeira (DEM) para primeiro secretário. Desde o início  assessores do Governador Reinaldo Azambuja trabalharam forte para  assegurar a eleição de um aliado e nem mesmo surgimento de novos parlamentares  colocou em risco  a articulação.

Forte

Já começou a disputa  dentro do DEM para saber quem será o candidato a governador na sucessão  de Reinaldo Azambuja: Murilo Zauith, Tereza Cristina e Luis Henrique Mandetta já  são apresentados  como pretendentes a indicação.

Mais pepinos

Na próxima reunião do MDB deve começar  um forte debate  para saber quem deverá comandar a sigla, por enquanto  todos dizem apenas que irão ouvir o ex-governador André Puccinelli antes de qualquer definição.

Descontentes

Já começa a ser feito um levantamento para saber  a quantidade de políticos com projetos eleitorais para 2020 e que se sentem desconfortáveis nos partidos onde estão filiados. Diante disso  o processo migratório pode ser intenso  já no primeiro semestre deste ano.

Meninos eu vi

O ex-prefeito de Campo Grande , Lúdio Coelho esperava pela definição  do nome da sua vice-prefeita Marilu Guimarães como  candidata à sua sucessão quando recebeu a informação de que  não teria  o apoio do então governador  Pedro Pedrossian que preferia Juvêncio Cesar da Fonseca . Lúdio Coelho  saiu-se então com a frase.

- Cada qual escolhe o seu cavalo.

Frases

“Eu não podia tomar uma atitude diferente”

Senadora Simone Tebet (MDB)

“O Congresso não está a altura do povo brasileiro”

Deputado federal Fábio Trad (PSD)