Menu
17 de agosto de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Excesso de candidatos

7 Mai201806h42PorLaureano Secundo

Pelo menos por enquanto  o quadro de opções para o eleitor deve ser bem grande pois o número de candidaturas para presidente, , Governador e Senado já supera os dois dígitos e dá sinais de que podem ficar ainda maior. Ao mesmo tempo em que  permite ao eleitor poder escolher  com uma maior variedade de discurso pode leva-lo a se perder diante de uma avalanche de propostas que careçam de conteúdo.

Como além da disputa majoritária ainda  acontecerá a eleição para a Câmara Federal e para as Assembleias legislativas  o tumulto  na cabeça do eleitor tende a ser bem grande o que exigirá um esforço maior na hora de escolher em quem votar. Para completar a dificuldade  do processo eleitoral deste ano  a campanha terá um tempo menor de duração pois as convenções devem se encerrar no dia 5 de agosto e 12 dias já estará no ar o s programas do horário eleitoral.

Consolidado

Os institutos de pesquisas estão apresentando um quadro que já estaria consolidado e tudo o que está sendo feito, dito ou articulado em nada tem interferido nos números. O  que poderia alterar seria a apresentação de  propostas totalmente diferentes das atuais.

DEM

No sábado o ex-prefeito de Dourados e presidente regional do DEM Murilo Zauith acabou com todas as  possibilidades de anunciar antes da Copa do Mundo o rumo que a sigla deverá seguir na disputa eleitoral deste ano.

Firme e forte

O ex-governador  André Puccinelli em evento que também contava com a presença de Reinaldo Azambuja disse que a possibilidade aliança entre os dois partidos é zero em Mato Grosso do Sul.

Meninos em vi

Quando estava no meio da sua sua segunda administração a frente da Prefeitura de Campo Grande  o então prefeito Ludio Coelho começou a ser consultado por assessores sobre  quem indicaria para ser o seu candidato. Após ouvir atentamente ele perguntou aos seus interlocutores.

-Vocês já querem me ver pelas costas?

Frases

“Não temos pressa em tomar uma decisão sobre alianças”

Presidente regional do DEM , ex-prefeito de Dourados Murilo Zauith.

“Tudo é possível  em política”

Governador de Mato Grosso do Sul Reinaldo Azambuja (PSDB)