Menu
21 de julho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto

Cada um por si

1 Jul201906h21PorLaureano Secundo

A ausência de um nome forte para 2922 do PSDB para concorrer ao Governo do Estado ( pelo menos por enquanto) vai abrindo possibilidades para todas demais siglas. Já  a partir do processo eleitoral  das eleições  municipais para as prefeituras todos já projetam um cenário para a sucessão de Reinaldo Azambuja.

Nelsinho Trad do PSD, André  Puccinelli MDB, Tereza Cristina e Murilo Zauith do DEM, Ricardo Ayache PSB são alguns dos nomes que ja se assanham para conquistar o governo do Estado. Logicamente o quadro pode se alterar até  lá  inclusive com o PSDB lançando algum nome mas, por enquanto  são essas opções. 

Divisão 

As forcas do bolsonarismo parecem fadadas a se dividirem na disputa municipais. Pelo menos três nomes ja aparecem como candidatos a prefeitura de Campo Grande. Capitão Contar, Coronel David e Sergio Harfouche.

Ativo

O ex-governador André  Puccinelli está percorrendo o estado organizando o MDB. Ele quer ver o partido com candidatos em todos os municípios.

Ate o fim do ano

Os petistas querem definir um nomes para as prefeituras até  o final do ano. Não  devem pensar em aliança  no primeiro turno da Capital.

Meninos eu vi

Num dos muitos debates com seu opositor Sérgio Cruz, o deputado estadual  Waldomiro Gonçalves  exaltou-se ao ser contestado em sua posição favorável ao Governo. No momento de maior exaltação ele disse.

- Eu sou coerente deputado pois sempre sou a favor do Governo.

Frases

“Não há predisposição minha de disputar a prefeito”

Diretor presidente da Cassems, Ricardo Ayache (PSB).

“Em agosto o Lula estará nas ruas”

Deputado federal Vander Loubet (PT)