Campo Grande •26 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Rota das Estações - Primavera

Da redação | Quinta, 15 de Junho de 2017 - 07h03Combate à ferrugem asiáticaComeça hoje vazio sanitário da soja em Mato Grosso do Sul

Marcas das ferrugens aoarecem nas foilhas da soja
Marcas das ferrugens aoarecem nas foilhas da soja (Foto: Divulgação)

Entre os dias 15 de junho e 15 de setembro de 2017 produtores rurais de Mato Grosso do Sul não podem cultivar soja nos campos do Estado. A medida corresponde ao vazio sanitário do grão, período em que fica proibido o cultivo da oleaginosa em MS com o objetivo de combater inóculos da ferrugem asiática, fungo que causa perdes consideráveis de produtividade.

O descumprimento das normas do vazio, de acordo com a Lei, pode implicar em autuação da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) e multa de até mil UFRMS, que é a Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul. A unidade teve seu valor estabelecido para o mês de junho em R$ R$ 24,66.

Segundo o presidente da Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), Christiano Bortolotto, o cumprimento da lei ajuda a garantir a sanidade vegetal. “Essa é uma importantíssima ferramenta para controle da quantidade de inóculos de ferrugem e garantia uma boa produtividade, ainda mais em um cenário em que a maior parte dos defensivos vem perdendo o seu efeito. Sendo assim, cada vez mais o vazio se torna fundamental”, analisa o presidente.

“Se não tivermos esse combate na entressafra, corremos o risco de chegar a produtividades que tornarão inviáveis a produção de soja”, finaliza.

O período de 90 dias foi estabelecido considerando que o tempo máximo de sobrevivência dos esporos no ar é de 55 dias. O grão não pode ser plantado nesse prazo e, além disso, todas as plantas voluntárias - conhecidas como guaxas ou tigueras - devem ser eliminadas das propriedades, seja por meio de processos mecânicos ou químicos.

 

Veja Também
Missão das Filipinas confere ações nas áreas de defesa sanitária animal de MS
A porteira da salvação para o bovino Pantaneiro
Seminário Estadual de Agrotóxicos discute boas práticas e responsabilidade
Ponta Porã abre plantio de soja
Agricultura Familiar terá o primeiro festival gastronômico
Quinta, 14 de Setembro de 2017 - 11h56Abates de bovinos e frangos recuam no segundo trimestre do ano Mesmo com queda em relação a 2016, abate de bovinos teve aumento de 0,3% em relação ao primeiro trimestre deste ano
Fundação MS e Senai iniciam parceria para ações no setor agropecuário
Governo investe R$ 3 milhões em pesquisas relacionadas à soja e milho
Precoce MS atinge a marca de 100 mil animais abatidos
Produtores entregam mais de 13 mil embalagens de defensivos agrícolas
Square Noticias UCDB
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento