Campo Grande •28 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Laureano Secundo | Quarta, 15 de Março de 2017 - 09h10CNA quer redução dos jurosRedução deve valer para o plano agrícola e pecuário 2017/2018

Colheita da safra pode ser comprometida
Colheita da safra pode ser comprometida (Foto: Divulgação)

A Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA definiu nesta terça (14) a proposta da instituição ao Plano Agrícola e Pecuário (PAP- 2017/2018), em documento que será entregue ao governo até o final deste mês.

A redução das taxas de juros para o custeio agrícola é a principal reivindicação dos produtores, informou o presidente da Comissão e da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG), José Mário Schreiner.

Os programas Agricultura de Baixo Carbono (ABC) e o de Construção e Ampliação de Armazéns (PCA) foram considerados prioritários.

Para Mário Schreiner, o PCA é importante porque “vai além da construção de armazéns, é uma forma de amenizar os problemas de infraestrutura e logística do país que aumentam os custos de produção”.

As elevadas taxas de juros, afirmou Schreiner, inibem a adesão do produtor rural ao PCA. Por isso, a CNA vai propor a redução das taxas de juros agrícolas no PAP 2017/2018.

Segundo o presidente da Comissão, essa redução é possível e necessária porque a inflação está em queda e há perspectiva de redução gradativa da taxa Selic, a taxa de juros básica da economia.

Outra prioridade, segundo a assessora técnica da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Fernanda Schwantes, é fazer com que o seguro rural se “transforme no principal instrumento da política agrícola”.

A proposta da CNA é que, em 2017, os recursos orçamentários destinados ao Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) sejam de pelo menos R$ 1,2 bilhão. 

Todas as regiões produtoras do país foram visitadas por especialistas da Superintendência Técnica (SUT) da CNA em workshops onde agricultores e pecuaristas apresentaram sugestões a serem incluídas no PAP 2017/2018.

Veja Também
MS quer aumentar produção
Boas práticas são essenciais para bons resultados na vacinação de bovinos
Bloqueio dos EUA prejudica imagem da carne brasileira no mercado mundial
Laboratório da Uems pesquisa melhoramento genético de bovinos
Governo vai reduzir ICMS do boi em pé de 12% para 7% durante 90 dias
Mapa suspende exportações de frigorífico da Capital para os EUA
Estado garante controle mais eficiente de animais na fronteira
Minicurso atualiza sobre Recuperação de Áreas Degradadas
Sábado, 17 de Junho de 2017 - 17h43Prazo de vacinação tem prazo prorrogado Medida atende alguns municípios das regiões do Planalto e Fronteira
Cai abate de bovinos em MS
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento