Campo Grande •18 de Outubro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner FM Cidade

Laureano Secundo | Quarta, 15 de Março de 2017 - 09h10CNA quer redução dos jurosRedução deve valer para o plano agrícola e pecuário 2017/2018

Colheita da safra pode ser comprometida
Colheita da safra pode ser comprometida (Foto: Divulgação)

A Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA definiu nesta terça (14) a proposta da instituição ao Plano Agrícola e Pecuário (PAP- 2017/2018), em documento que será entregue ao governo até o final deste mês.

A redução das taxas de juros para o custeio agrícola é a principal reivindicação dos produtores, informou o presidente da Comissão e da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG), José Mário Schreiner.

Os programas Agricultura de Baixo Carbono (ABC) e o de Construção e Ampliação de Armazéns (PCA) foram considerados prioritários.

Para Mário Schreiner, o PCA é importante porque “vai além da construção de armazéns, é uma forma de amenizar os problemas de infraestrutura e logística do país que aumentam os custos de produção”.

As elevadas taxas de juros, afirmou Schreiner, inibem a adesão do produtor rural ao PCA. Por isso, a CNA vai propor a redução das taxas de juros agrícolas no PAP 2017/2018.

Segundo o presidente da Comissão, essa redução é possível e necessária porque a inflação está em queda e há perspectiva de redução gradativa da taxa Selic, a taxa de juros básica da economia.

Outra prioridade, segundo a assessora técnica da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Fernanda Schwantes, é fazer com que o seguro rural se “transforme no principal instrumento da política agrícola”.

A proposta da CNA é que, em 2017, os recursos orçamentários destinados ao Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) sejam de pelo menos R$ 1,2 bilhão. 

Todas as regiões produtoras do país foram visitadas por especialistas da Superintendência Técnica (SUT) da CNA em workshops onde agricultores e pecuaristas apresentaram sugestões a serem incluídas no PAP 2017/2018.

Veja Também
Mato Grosso do Sul é um Estado à frente do tempo, diz Reinaldo Azambuja
Sindicato Rural e Senar/MS formam mais nove técnicos em agronegócio
Aumento no rebanho bovino garante potencial de MS, diz Famasul
Preço da soja em MS sobe mais de 6% em setembro
Missão das Filipinas confere ações nas áreas de defesa sanitária animal de MS
A porteira da salvação para o bovino Pantaneiro
Seminário Estadual de Agrotóxicos discute boas práticas e responsabilidade
Ponta Porã abre plantio de soja
Agricultura Familiar terá o primeiro festival gastronômico
Quinta, 14 de Setembro de 2017 - 11h56Abates de bovinos e frangos recuam no segundo trimestre do ano Mesmo com queda em relação a 2016, abate de bovinos teve aumento de 0,3% em relação ao primeiro trimestre deste ano
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento