Campo Grande •30 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Domingo, 19 de Março de 2017 - 19h36Proprietário rural é flagrado em desmatamento e incêndio ilegaisDesmatamento medido em GPS foi de 3 hectares e o incêndio em mais 1 hectare

(Foto: Divulgação/PMA)

Policiais Militares Ambientais de Jardim realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município de Nioaque e flagraram em uma fazenda, localizada a 37 km da cidade ontem (18), um desmatamento de vegetação de cerrado, que fora executado sem autorização ambiental. Além do desmatamento ilegal, o infrator ainda realizou queima de vegetação também sem autorização do órgão ambiental competente.

O desmatamento medido em GPS foi de 3 hectares e o incêndio em mais 1 hectare. As atividades foram realizadas em mudança do uso do solo para plantio de pastagem e foram paralisadas. Contra o infrator, de 70 anos, residente em Aquidauana, foi confeccionado auto de infração administrativo e arbitrada multa de R$ 1.900,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

Veja Também
Aplicativo para smartphones e tablets simula bonificação do ICMS para produtores
Governo do Estado lança dia 2 de maio a campanha de vacinação contra a febre aftosa
Um recorde histórico
Com valorização de 10%, Cota 481 é nova oportunidade a produtor brasileiro
Criadores celebram novos campeões da raça Senepol
Em MS, quase 99% da soja já foi colhida dos campos
Pesquisa mapeia áreas de expansão da cana-de-açúcar em MS
Febre aftosa: MS debate ações para mudança de status
Ministro inaugura laboratório de segurança da carne na Capital
MS tem 96% da safra de colhida
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento