Menu
14 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Agropecuária

MS produzirá 9,6 milhões de toneladas do soja

Presidente da Famasul acredita que com retorno da regularidade das chuvas, meta poderá ser superada

25 Set2019Da redação14h14

Mato Grosso do Sul deve produzir  9,68 milhões de toneladas do soja, na sofra 20019/2020, um incremento de 3,18% em relação ao ciclo anterior. A estimativa foi divulgada pelo sistema Federação de Agricultura de Mato Grosso do Sul (Famasul).

"Mesmo com o atraso das chuvas, temos uma previsão de regularidade a partir da primeira semana de outubro, o que nos possibilita acreditar até em superação da meta. Isso porque o produtor tem feito sua parte, adotando novas tecnologias no campo e gerenciando seu negócio com conhecimento técnico e maturidade", analisou Mauricio Saito, presidente da Famasul.

A produção de milho poderá render uma supersafra neste ano, com produção de 12,1 milhões de toneladas no Estado. Relatório do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA MS) mostrou que foram 2,1 mil hectares de área plantada (aumento de 19,88%) e produtividade de 93,24 sacas por hectare (crescimento de 33%).

Os destaques do Estado foram os municípios de Alcinópolis, com 41.764 toneladas, e Chapadão do Sul, que totalizou 295.028 toneladas. De 68 municípios produtores, 33 apresentaram média acima da estadual.

Veja Também

Clima é favorável para safra de soja em Mato Grosso do Sul
Produtores de soja devem registrar área de cultivo
Governo prorroga vacinação contra aftosa e brucelose em cinco municípios
Atraso no plantio de soja coloca entidades em alerta
Drones são aliados no diagnóstico rural
Plantio da Soja já atingiu 12,4% em Mato Grosso do Sul
Estiagem favoreceu aumento da moagem de cana-de-açúcar em MS
Calendário de vacinação contra a febre aftosa está definido
MS 42 anos: agronegócio é identidade econômica e social de Mato Grosso do Sul
Ministra nega conflito entre agropecuária e preservação ambiental