Menu
19 de dezembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner SEGOV - Refis 2019
Agropecuária

MS inicia campanha contra a aftosa no dia 1° de maio

Meta é vacinar 21 milhões de animais no estado

16 Abr2018Da redação09h48

A vacinação contra a febre aftosa começa oficialmente em Mato Grosso do Sul no dia 1° de maio, para os proprietários das regiões do Planalto, Fronteira e Pantanal. A previsão do Governo do Estado é de imunizar 21 milhões de animais entre bovinos e bubalinos nesta campanha.

Responsável por acompanhar e fiscalizar a vacinação, a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), afirma que os proprietários que precisarem podem solicitar a antecipação da vacina a partir desta segunda-feira (16.4).

Por questões de manejo, a Iagro disponibiliza a antecipação da vacina em 15 dias antes do início da campanha. Porém, os produtores interessados precisam fazer um requerimento que passará por análise dos técnicos do órgão estadual. Independente deste prazo, o registro da vacinação só poderá ser feito a partir de 1º de maio.

No Planalto e na Fronteira a vacinação acontecerá de 1º a 31 de maio, e o registro deve ser feito de 1º de maio a 15 de junho. Os proprietários da região do Pantanal que optarem pela vacinação de todo o rebanho em maio, deverão vacinar de 1º de maio a 15 de junho e o registro de 1º de maio até 2 de julho.

A Iagro publicou instrução de serviço em que orienta produtores da região do Pantanal que em caso de enchente na propriedade, a retirada dos animais deve ser requerida junto ao órgão. Caso o destino seja informado previamente, será feita a emissão de GTA, caso não informe o local o serviço oficial deve controlar e acompanhar a movimentação dos animais.

Diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta, explica que a partir do dia 27 de abril o produtor poderá comprar a vacina contra a febre aftosa nas revendas do Estado, sem a necessidade de emissão de autorização de compra pela Iagro.

Veja Também

Estiagem em fase crítica prejudica a soja em MS
Chuva dá trégua e usinas aceleram ritmo de moagem da cana
Alto índice de percevejo-marrom em MS deixa sojicultores em alerta
Senar/MS revela vencedores do Concurso Agrinho 2018
Capital vai sediar Etapa Norte/Centro-Oeste do Circuito Megaleite
Governo reduzirá em até 50% ICMS do farelo de soja
Soja aumenta área sem invadir cerrado
Área plantada de soja cresce e bate recorde em MS
Apesar das chuvas, usinas mantêm moagem de cana em MS
Fundação MS poderá testar fertilizantes visando registro de novos produtos