Menu
24 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Em MS

Morre touro Donato Naviraí, um dos mais valorizados da raça Nelore

Touro fez história na Alta comercializando mais de 300 mil doses de sêmen

22 Nov2017Da redação08h10

A Alta Genetics notifica a morte do touro Donato Naviraí. Aos treze anos de idade, o animal fez história na Central, sendo um dos touros mais valorizados da raça Nelore. Donato Naviraí chegou a Alta em 2006, vendendo 308.107 doses e produzindo 326.881 doses de sêmen, deixando assim um legado ainda disponível na Alta.
 
Touro consagrado conquistou a liderança em cinco sumários, com destaque para ANCP, PMGZ, Geneplus e Nelore Qualitas. Filho de Atma de Naviraí em vaca Rambo da MN, o reprodutor foi largamente utilizado em rebanhos puros para produção de touros e também para disputar campeonatos da raça. Ao longo de todo sua vida, gerou 4,5 mil filhos avaliados pela ANCP, além de concebeu 15 mil filhos avaliados em 900 rebanhos associados ao PMGZ.
 
Donato é da propriedade da Agro Maripá, resultado da colaboração entre os produtores Marcelo Baptista de Oliveira e Cláudio Sabino Carvalho. Conquistou popularidade no mercado do Nelore pela capacidade de transmitir ganho de peso e equilíbrio em volume de carcaça para seus filhos, atributos que o levaram a liderança de sumários.
 
“Sem dúvida um dos principais touros da raça nelore, representando toda a essência do trabalho de Claudio Sabino Carvalho. O touro fazer de animais com “cara de negócio”, produzindo fêmeas produtivas e longevas, além de machos de alto valor agregado, não sendo atoa, considerado um dos melhores touros produzido dentro da Chácara Naviraí, uma das propriedades de maior sucesso na produção de touros de Central”, ressalta Rafael Oliveira, gerente de produto Corte Zebu da Alta Genetics.
 
Fatos mostram a relevância desse grande produtor, como o privilégio de ter duas grandes matrizes (TOP 0,1%) em sua genealogia: Batina SM e Romália (mãe do raçador Tecelão), ambas com ótimas réguas de DEPs para características maternais. Além disso, no 2º Leilão TOP Produção Agro Maripá, realizado recentemente na ExpoGenética, em Uberaba (MG), um neto de Donato alcançou o preço máximo de R$ 45.000 da Fazenda Sant'Anna, de Jovelino Carvalho Mineiro. O valor esteve entre os maiores registrados na exposição mineira.
 
Donato morreu na última quinta-feira, 16 de novembro, após ter anunciado aposentadoria em setembro deste ano.

Veja Também

Colheita do milho safrinha será lançada na segunda-feira em MS
Queda  na produção fará preço do leite subir em MS
Famasul elege nova diretoria neste sábado
Conab inspeciona condições de armazenagem de produtos
Vazio sanitário da soja começa dia 15 de junho em MS
Prazo para quitar dívidas do crédito fundiário está terminando
Plano Safra libera recursos a partir de 1º de julho
Rally da Safra 2018 finaliza avaliação de safrinha em MS
Extendido prazo para inscrições do CAR
Prazo para vacinação contra a febre aftosa é prorrogado em MS