Campo Grande •17 de Outubro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Rota das Estações - Primavera

Da redação | Quarta, 19 de Julho de 2017 - 09h20Mato Grosso do Sul registra 12% de área colhida de milho, segundo Aprosoja/MSNo norte, destaca-se o município de Alcinópolis, com 45% da área colhida

(Foto: Divulgação)

Até o momento Mato Grosso do Sul tem 12,6% da área de milho 2ª safra 2016/2017 colhida, segundo a Circular Técnica nº 218 do Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio). O levantamento, divulgado nesta quarta-feira (19) pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), se refere a visitas realizadas na 2ª semana de julho pelos técnicos do projeto em propriedades rurais de todo o Estado.

As informações na íntegra podem ser conferidas por meio de realização de cadastro no link: www.aprosojams.org.br, na aba SigaWeb. Entre as regiões, o norte do Estado continua com porcentagem média de área colhida mais avançada: 18%. A região sul tem 14% e, a região centro, com 4,3% de área colhida.

No norte, destaca-se o município de Alcinópolis, com 45% da área colhida. Já ao sul de MS, as cidades de Aral Moreira e Douradina, ambas com 20% do milho colhido e, no centro do Estado, o município de Bandeirantes, com 8% da área colhida.

Colheita a todo vapor

Em relação à média de área colhida no Estado neste período, a colheita do milho 2ª safra 2016/2017 está apenas 2,2% inferior à média registrada no mesmo período da safra 2015/2016, para a data de 14 de julho. Dados detalhados por município podem ser conferidos na Circular Técnica disponível na aba SigaWeb, no site da Aprosoja/MS.

Geada

No que diz respeito à geada registrada em alguns municípios do Estado na madrugada da terça e quarta-feira, dias 18 e 19, até o momento não foram contabilizados prejuízos às lavouras.

“Ainda é cedo para falar de perdas porque, devido ao fato do milho estar pronto para ser colhido, os impactos serão mínimos. Em todo caso, até sexta-feira, dia 21, as equipes do Siga MS estarão no campo coletando informações sobre as consequências das geadas. Ao que tudo indica, as estimativas de produção da Aprosoja/MS não sofrerão alteração”, explica o analista de grãos do Sistema Famasul, Leonardo Carlotto.

Estimativas

Em comparação aos dados da safra anterior (2015/2016) estima-se até o momento aumento de 3,4% de área plantada, passando de 1,74 milhões de hectares para 1,80 milhões de hectares. Já em relação à produção do grão, verifica-se acréscimo de 50,5% (de 6,098 milhões de toneladas na safra 2015/2016, para 9,180 milhões de toneladas na safra 2016/2017) e, ainda, acréscimo de 45,5% de produtividade, com 85 sc/ha na 2ª safra de milho atual.

Veja Também
Mato Grosso do Sul é um Estado à frente do tempo, diz Reinaldo Azambuja
Sindicato Rural e Senar/MS formam mais nove técnicos em agronegócio
Aumento no rebanho bovino garante potencial de MS, diz Famasul
Preço da soja em MS sobe mais de 6% em setembro
Missão das Filipinas confere ações nas áreas de defesa sanitária animal de MS
A porteira da salvação para o bovino Pantaneiro
Seminário Estadual de Agrotóxicos discute boas práticas e responsabilidade
Ponta Porã abre plantio de soja
Agricultura Familiar terá o primeiro festival gastronômico
Quinta, 14 de Setembro de 2017 - 11h56Abates de bovinos e frangos recuam no segundo trimestre do ano Mesmo com queda em relação a 2016, abate de bovinos teve aumento de 0,3% em relação ao primeiro trimestre deste ano
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento