Menu
18 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Em MS

Mato Grosso do Sul registra 12% de área colhida de milho, segundo Aprosoja/MS

No norte, destaca-se o município de Alcinópolis, com 45% da área colhida

19 Jul2017Da redação09h20

Até o momento Mato Grosso do Sul tem 12,6% da área de milho 2ª safra 2016/2017 colhida, segundo a Circular Técnica nº 218 do Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio). O levantamento, divulgado nesta quarta-feira (19) pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), se refere a visitas realizadas na 2ª semana de julho pelos técnicos do projeto em propriedades rurais de todo o Estado.

As informações na íntegra podem ser conferidas por meio de realização de cadastro no link: www.aprosojams.org.br, na aba SigaWeb. Entre as regiões, o norte do Estado continua com porcentagem média de área colhida mais avançada: 18%. A região sul tem 14% e, a região centro, com 4,3% de área colhida.

No norte, destaca-se o município de Alcinópolis, com 45% da área colhida. Já ao sul de MS, as cidades de Aral Moreira e Douradina, ambas com 20% do milho colhido e, no centro do Estado, o município de Bandeirantes, com 8% da área colhida.

Colheita a todo vapor

Em relação à média de área colhida no Estado neste período, a colheita do milho 2ª safra 2016/2017 está apenas 2,2% inferior à média registrada no mesmo período da safra 2015/2016, para a data de 14 de julho. Dados detalhados por município podem ser conferidos na Circular Técnica disponível na aba SigaWeb, no site da Aprosoja/MS.

Geada

No que diz respeito à geada registrada em alguns municípios do Estado na madrugada da terça e quarta-feira, dias 18 e 19, até o momento não foram contabilizados prejuízos às lavouras.

“Ainda é cedo para falar de perdas porque, devido ao fato do milho estar pronto para ser colhido, os impactos serão mínimos. Em todo caso, até sexta-feira, dia 21, as equipes do Siga MS estarão no campo coletando informações sobre as consequências das geadas. Ao que tudo indica, as estimativas de produção da Aprosoja/MS não sofrerão alteração”, explica o analista de grãos do Sistema Famasul, Leonardo Carlotto.

Estimativas

Em comparação aos dados da safra anterior (2015/2016) estima-se até o momento aumento de 3,4% de área plantada, passando de 1,74 milhões de hectares para 1,80 milhões de hectares. Já em relação à produção do grão, verifica-se acréscimo de 50,5% (de 6,098 milhões de toneladas na safra 2015/2016, para 9,180 milhões de toneladas na safra 2016/2017) e, ainda, acréscimo de 45,5% de produtividade, com 85 sc/ha na 2ª safra de milho atual.

Veja Também

Embrapa realiza curso de melhoramento genético na Capital
Vazio sanitário da soja está em vigor em Mato Grosso do Sul
Safra de grãos tem queda de 5,3%
Pecuária precisa de subsídios
Genética Raça Nelore tem um de seus principais leilões No calendário de leilões de alta genética da raça Nelore o Anual Carpa é um dos mais concorridos do circuito nacional
Tributação de ICMS na horticultura é tema de palestra na Famasul
Câmara discute criação da Política Nacional de Redução de Agrotóxicos
Prorrogada vacinação da aftose e brucelose
CMN reduz juros do FCO Rural e taxa fica mais atrativa
No Pantanal, vacinação contra febre aftosa prossegue até 30 de julho