Campo Grande •25 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super banner Governo MS - Semana nacional do trânsito

Da redação | Quinta, 24 de Agosto de 2017 - 21h00Governo lança edital para projetos de pesquisa sobre soja e milhoSeleção pública foi publicada no Diário Oficial do Estado

(Foto: Divulgação)

Aberta nessa quarta-feira (23.8) a “Chamada Fundect nº 05/2017” do Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja (Fundems) para que pesquisadores doutores de Mato Grosso do Sul apresentem projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a agricultura na safra 2017/2018. A seleção pública foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

A Chamada do Fundems foi aberta pela Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (Fundect), órgão vinculado a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), em um trabalho integrado em prol do desenvolvimento do Estado por meio do agronegócio e pesquisa.

As propostas de pesquisadores vinculados às Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs), Fundações e Universidades de Mato Grosso do Sul, podem ser cadastradas até 23 de setembro. A divulgação das homologadas sai no dia 6 de outubro, quando se inicia e segue até 16 de outubro, o período de recurso das propostas.

A previsão é de que o resultado das propostas aprovadas seja divulgado no dia 20 de novembro e a decisão sobre os recursos e a lista final em 30 de novembro, de acordo com a chamada da Fundect divulgada no Diário Oficial do Estado.

O valor total do edital a ser dividido entre os projetos é de R$ 3 milhões. Os recursos serão desembolsados em até duas parcelas, para despesas de custeio e capital, ficando as despesas com o capital restrito a no máximo 40% do valor total aportado ao projeto. O montante também será separado conforme a linha temática, sendo R$ 2,2 milhões para validação regional de materiais genéticos e tecnologias de produção de milho e soja e, outros R$ 800 mil para demais temas, como uso de dejetos de suínos, manejo de fertilidade, consórcio de soja e capins e monitoramento do clima.

O projeto deve ser executado em 24 meses, podendo ser prorrogado por mais 12 meses desde que haja interesse dos participantes. Detalhes do projeto podem ser conferidos a partir da página 35.

Fundems - O Fundo foi instituído pelo governo do Estado com o objetivo de desenvolver pesquisas e dar suporte tecnológico e de infraestrutura ao setor agrícola. Além de estudos na área, o Fundems tem ainda a finalidade de proporcionar melhorias no processo de produção, armazenamento, comércio e transporte dos grãos e também de propiciar a execução de ações para prevenção e erradicação de doenças que afetam a soja e o milho.

Veja Também
Seminário Estadual de Agrotóxicos discute boas práticas e responsabilidade
Ponta Porã abre plantio de soja
Agricultura Familiar terá o primeiro festival gastronômico
Quinta, 14 de Setembro de 2017 - 11h56Abates de bovinos e frangos recuam no segundo trimestre do ano Mesmo com queda em relação a 2016, abate de bovinos teve aumento de 0,3% em relação ao primeiro trimestre deste ano
Fundação MS e Senai iniciam parceria para ações no setor agropecuário
Governo investe R$ 3 milhões em pesquisas relacionadas à soja e milho
Precoce MS atinge a marca de 100 mil animais abatidos
Produtores entregam mais de 13 mil embalagens de defensivos agrícolas
Feapan abre dia 20 e reúne a força da pecuária pantaneira
Açúcar, soja, carnes, minério de ferro e manganês puxam exportações de agosto em MS
Square Noticias UCDB
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento