Menu
18 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Agropecuária

Governo lança edital para projetos de pesquisa sobre soja e milho

Seleção pública foi publicada no Diário Oficial do Estado

24 Ago2017Da redação21h00

Aberta nessa quarta-feira (23.8) a “Chamada Fundect nº 05/2017” do Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja (Fundems) para que pesquisadores doutores de Mato Grosso do Sul apresentem projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a agricultura na safra 2017/2018. A seleção pública foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

A Chamada do Fundems foi aberta pela Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (Fundect), órgão vinculado a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), em um trabalho integrado em prol do desenvolvimento do Estado por meio do agronegócio e pesquisa.

As propostas de pesquisadores vinculados às Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs), Fundações e Universidades de Mato Grosso do Sul, podem ser cadastradas até 23 de setembro. A divulgação das homologadas sai no dia 6 de outubro, quando se inicia e segue até 16 de outubro, o período de recurso das propostas.

A previsão é de que o resultado das propostas aprovadas seja divulgado no dia 20 de novembro e a decisão sobre os recursos e a lista final em 30 de novembro, de acordo com a chamada da Fundect divulgada no Diário Oficial do Estado.

O valor total do edital a ser dividido entre os projetos é de R$ 3 milhões. Os recursos serão desembolsados em até duas parcelas, para despesas de custeio e capital, ficando as despesas com o capital restrito a no máximo 40% do valor total aportado ao projeto. O montante também será separado conforme a linha temática, sendo R$ 2,2 milhões para validação regional de materiais genéticos e tecnologias de produção de milho e soja e, outros R$ 800 mil para demais temas, como uso de dejetos de suínos, manejo de fertilidade, consórcio de soja e capins e monitoramento do clima.

O projeto deve ser executado em 24 meses, podendo ser prorrogado por mais 12 meses desde que haja interesse dos participantes. Detalhes do projeto podem ser conferidos a partir da página 35.

Fundems - O Fundo foi instituído pelo governo do Estado com o objetivo de desenvolver pesquisas e dar suporte tecnológico e de infraestrutura ao setor agrícola. Além de estudos na área, o Fundems tem ainda a finalidade de proporcionar melhorias no processo de produção, armazenamento, comércio e transporte dos grãos e também de propiciar a execução de ações para prevenção e erradicação de doenças que afetam a soja e o milho.

Veja Também

Embrapa realiza curso de melhoramento genético na Capital
Vazio sanitário da soja está em vigor em Mato Grosso do Sul
Safra de grãos tem queda de 5,3%
Pecuária precisa de subsídios
Genética Raça Nelore tem um de seus principais leilões No calendário de leilões de alta genética da raça Nelore o Anual Carpa é um dos mais concorridos do circuito nacional
Tributação de ICMS na horticultura é tema de palestra na Famasul
Câmara discute criação da Política Nacional de Redução de Agrotóxicos
Prorrogada vacinação da aftose e brucelose
CMN reduz juros do FCO Rural e taxa fica mais atrativa
No Pantanal, vacinação contra febre aftosa prossegue até 30 de julho