Menu
20 de maio de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Agropecuária

Executivo quer criar programa de atualização do cadastro da pecuária

Atualização é destinada à obtenção de informações para fins de regularização dos controles sanitários

25 Abr2019Da redação18h39

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) recebeu o Projeto de Lei 92/2019 que institui o Programa de Atualização do Cadastro da Agropecuária e do Estoque de Animais Bovinos e Bubalinos (PROACAP). A proposta foi encaminhada à Casa de Leis nesta quinta-feira (25).

A atualização é destinada à obtenção de informações para fins de regularização dos controles sanitários e fiscais, que darão subsídios à retirada da vacinação contra a febre aftosa até o ano de 2021, culminando com a evolução do "status" sanitário de "livre de febre aftosa sem vacinação", conforme descreve o documento.

Ainda de acordo com a proposta, a prestação das  informações fará com que a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO) e a Secretaria de Estado de Fazenda (SEFAZ) contem com dados compatíveis com a realidade, no que se refere ao efetivo estoque de animais nos estabelecimentos e aos dados cadastrais atualizados dos produtores e propriedades rurais.

Veja Também

Informações sobre a safrinha em MS são divulgadas em material gratuito
Produtores de MS devem atualizar dados durante campanha contra aftosa
Agronegócio responde por 95,5% das exportações
Febre Aftosa Foi lançada hoje a campanha de vacinação contra aftosa Com previsão de imunizar 21 milhões de animais entre bovinos e bubalinos, a vacinação contra a febre aftosa tem início
Bolsonaro diz que não quer atrapalhar quem produz
Pecuarista influente morre vítima de pneumonia
Clima prejudica e produção de soja em MS
Estoque de caprinos e ovinos podem ser regularizados por meio de anistia
Membros da Câmara de Mineração conhecem relatórios sobre barragens
Iagro confirma casos de raiva em municípios de MS