Menu
20 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Agropecuária

'Estrangeiros consideram Sidrolândia modelo de produção', diz presidente da Famasul

Mauricio Saito destacou perfil empreendedor e sustentável do produtor rural

7 Set2017Da redação18h39

O presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, destacou a potencialidade agropecuária de Sidrolândia e o perfil empreendedor e sustentável do produtor rural durante a abertura da 19ª Expo Sidrolândia, realizada nesta terça-feira (05), com a participação de representantes rurais e políticas do Estado.

Saito comentou como estrangeiros ficam impressionados com o desenvolvimento do agro local. “Em julho, adidos agrícolas de 7 países visitaram propriedades rurais de Sidrolândia. O representante da África do Sul ficou surpreso com o que considerou modelo de produção mundial, com altos níveis de tecnologia e sustentabilidade”.

“Duas semanas depois da visita, veio o embaixador da Coreia do Sul e também visitou Sidrolândia”, acrescentou.

O presidente da Famasul falou também sobre a desempenho do município nas últimas quatro décadas: “Em quarenta anos, ou seja, desde a fundação do Estado de Mato Grosso do Sul, o município registrou um salto na evolução agrícola, saindo do que podemos considerar traços de produção para atingir o patamar previsto de 672 mil toneladas para a soja e mais de 700 mil toneladas para o milho”, salientou Saito.

Segundo o presidente da Famasul, os números relevantes e significativos são resultados do trabalho realizado pelo setor produtivo. “Tudo isso deve-se ao cidadão de Sidrolândia, especificamente, o produtor rural, com o seu perfil empreendedor”.

Para o presidente do Sindicato Rural de Sidrolândia, Rogério de Meneses, o desenvolvimento local é fruto da capacitação no Agro. “Independentemente do tamanho da propriedade, trabalhamos para que a informação e a tecnologia cheguem em todos os lugares, aumentando a produção e diminuindo os custos”. De janeiro a agosto deste ano, o Senar/MS – Serviço de Aprendizagem Rural e o Sindicato Rural de Sidrolândia capacitaram mais de mil pessoas no município. 

O diretor-presidente da Agraer – Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural, Enelvo Felini, falou da história do parque de exposição, local onde é realizado o evento. “Tudo foi se transformando nos últimos 19 anos”. Já o prefeito municipal, Marcelo de Araujo Ascoli, destacou: “Sei da valorização que o sindicato rural concede a todos os produtores rurais de Sidrolândia, independente do porte”.

Estiveram presentes na abertura, o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan; o presidente do Sindicato Rural de Nioaque, Claudio Antonio Straliotto; o superintendente da Semagro, Rogério Beretta; o presidente da Câmara Municipal de Sidrolândia, Jean Cezar França de Nazareth e os deputados estaduais Márcio Fernandes e Zé Teixeira.

 

Veja Também

Famasul elege nova diretoria neste sábado
Conab inspeciona condições de armazenagem de produtos
Vazio sanitário da soja começa dia 15 de junho em MS
Prazo para quitar dívidas do crédito fundiário está terminando
Plano Safra libera recursos a partir de 1º de julho
Rally da Safra 2018 finaliza avaliação de safrinha em MS
Extendido prazo para inscrições do CAR
Prazo para vacinação contra a febre aftosa é prorrogado em MS
Exportações de carne bovina de MS crescem 5,6%
Programa ABC Cerrado abre vagas para capacitar produtores rurais