Campo Grande •23 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo - Governo Presente - Matrícula

Da redação | Quinta, 7 de Setembro de 2017 - 18h39'Estrangeiros consideram Sidrolândia modelo de produção', diz presidente da FamasulMauricio Saito destacou perfil empreendedor e sustentável do produtor rural

(Foto: Divulgação/Famasul)

O presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, destacou a potencialidade agropecuária de Sidrolândia e o perfil empreendedor e sustentável do produtor rural durante a abertura da 19ª Expo Sidrolândia, realizada nesta terça-feira (05), com a participação de representantes rurais e políticas do Estado.

Saito comentou como estrangeiros ficam impressionados com o desenvolvimento do agro local. “Em julho, adidos agrícolas de 7 países visitaram propriedades rurais de Sidrolândia. O representante da África do Sul ficou surpreso com o que considerou modelo de produção mundial, com altos níveis de tecnologia e sustentabilidade”.

“Duas semanas depois da visita, veio o embaixador da Coreia do Sul e também visitou Sidrolândia”, acrescentou.

O presidente da Famasul falou também sobre a desempenho do município nas últimas quatro décadas: “Em quarenta anos, ou seja, desde a fundação do Estado de Mato Grosso do Sul, o município registrou um salto na evolução agrícola, saindo do que podemos considerar traços de produção para atingir o patamar previsto de 672 mil toneladas para a soja e mais de 700 mil toneladas para o milho”, salientou Saito.

Segundo o presidente da Famasul, os números relevantes e significativos são resultados do trabalho realizado pelo setor produtivo. “Tudo isso deve-se ao cidadão de Sidrolândia, especificamente, o produtor rural, com o seu perfil empreendedor”.

Para o presidente do Sindicato Rural de Sidrolândia, Rogério de Meneses, o desenvolvimento local é fruto da capacitação no Agro. “Independentemente do tamanho da propriedade, trabalhamos para que a informação e a tecnologia cheguem em todos os lugares, aumentando a produção e diminuindo os custos”. De janeiro a agosto deste ano, o Senar/MS – Serviço de Aprendizagem Rural e o Sindicato Rural de Sidrolândia capacitaram mais de mil pessoas no município. 

O diretor-presidente da Agraer – Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural, Enelvo Felini, falou da história do parque de exposição, local onde é realizado o evento. “Tudo foi se transformando nos últimos 19 anos”. Já o prefeito municipal, Marcelo de Araujo Ascoli, destacou: “Sei da valorização que o sindicato rural concede a todos os produtores rurais de Sidrolândia, independente do porte”.

Estiveram presentes na abertura, o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan; o presidente do Sindicato Rural de Nioaque, Claudio Antonio Straliotto; o superintendente da Semagro, Rogério Beretta; o presidente da Câmara Municipal de Sidrolândia, Jean Cezar França de Nazareth e os deputados estaduais Márcio Fernandes e Zé Teixeira.

 

Veja Também
Morre touro Donato Naviraí, um dos mais valorizados da raça Nelore
MS Agro: '2018 será um ano de recuperação cíclica', diz economista
Exportações do setor agropecuário crescem mais de 150%
Quarta, 15 de Novembro de 2017 - 09h23Exportações de soja deste ano já superam em 21% todo o volume embarcado em 2016 Resultado supera em 21% todo o volume embarcado em 2016, de 2,9 milhões de toneladas
MS espera colher 8,3 milhões de toneladas
Estado chega a 70% de área plantada de soja para a safra 2017/2018
Novo presidente da Aprosoja, Juliano Schmaedecke, é eleito em Campo Grande
Dourados sedia curso sobre integração lavoura-pecuária-floresta
Calendário de vacinação contra aftosa vai até 30 de novembro
Plantio da soja avança em MS e chega a 60% da área
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento