Menu
20 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Fazenda

Drones são aliados no diagnóstico rural

Equipamento facilita reconhecimento de propriedades rurais e tem outras aplicações

4 Nov2019Da redação20h00
(Foto: Marco Miatelo)
  • Humberto Moretto faz uso de drone em uma propriedade rural em Campo Grande
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)

A popularização do uso de drones no meio rural se deve às várias aplicações do equipamento no campo como mapeamento de áreas e identificação e doenças, por exemplo. Em Mato Grosso do Sul, essas aeronaves não tripuladas são cada vez mais solicitadas por produtores rurais que buscam informações sobre a fazenda.

A empresa Terra Desenvolvimento presta consultorias de gestão no campo desde 1997. O gerente administrativo Humberto Moretto conta que as imagens obtidas pelos drones facilitaram o reconhecimento das propriedades e a elaboração de diagnósticos sobre as fazendas atendidas pela empresa.

“Antes era preciso percorrer a propriedade a cavalo. Agora, visualizamos o que está acontecendo usando o equipamento”, conta. Apesar do uso da tecnologia, a cavalgada pela fazenda não está dispensada. Contudo, com o monitoramento do drone é possível fazer uma composição e assim ter um diagnóstico mais preciso sobre a propriedade.

Além de mapear a área através de fotos e imagens de vídeo, o drone também pode ser usado para obter informações mais aprofundadas sobre a situação da propriedade. “Hoje com o uso de aplicativos, podemos conferir a densidade de plantas por hectare, por exemplo”, comenta.

Antes dos drones, o serviço de satélite já era utilizado para o reconhecimento das fazendas. Porém, a captação feita pelo drone é mais atualizada. O equipamento usado Terra Desenvolvimento, consegue percorrer 700 hectares em um dia.

Outra aplicação bem atual, seria para o caso de incêndios por exemplo. O drone pode mostrar onde estão os focos e assim facilitar o trabalho de combate às chamas. “Com as imagens atuais, o cliente consegue ver, por exemplo, onde a pastagem cresceu mais ou menos e assim tomar decisões”, explica o gerente.

Veja Também

Previsão de nova safra recorde
Semagro discute criação do fundo privado em defesa da agropecuária de MS
Fundo privado em defesa da agropecuária de MS deve ser criado
Moagem de cana atinge 44 milhões de ton em MS
Embrapa alerta para geada em junho no Estado
Produção de grãos do país na safra 2019/2020 deverá ser recorde
Produção de soja safra 2019/2020 será de quase 10 milhões de toneladas
MS é o segundo maior produtor de florestas plantadas de eucalipto
Caixa reduz em até 54% taxas de juros do crédito rural
Dezembro se encerra com queda média de 15% na cotação da arroba do boi gordo