Menu
18 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Agropecuária

Dia de Campo mostra tecnologias para milho safrinha em São Gabriel

Serão apresentados o desempenho de híbridos à campo, que poderão servir como base para próxima safrinha

4 Jun2019Da redação19h37

Depois de passar por Maracaju na última semana, o Dia de Campo Safrinha 2019 chega a São Gabriel do Oeste nesta quarta-feira (05). O evento é realizado pela Fundação MS, com o objetivo de manter o produtor rural atualizado sobre as tecnologias empregadas no cultivo do milho em Mato Grosso do Sul. Serão apresentados o desempenho de híbridos à campo, que poderão servir como base para o planejamento da próxima safrinha.

“Vamos falar do desempenho dessas tecnologias e mostrar a arquitetura das plantas, a qualidade da espiga e, posteriormente, será possível verificar o resultado final na colheita. A combinação dos híbridos é essencial para o bom desempenho nas lavouras”, explica o pesquisador do setor de fitotecnia milho da Fundação MS, André Lourenção.

O encontro é uma oportunidade para que o produtor tenha base para adquirir materiais que melhor se adaptem às condições de sua propriedade, podendo, ainda, comparar as produtividades da cultura com resultados de anos passados. 

A adubação nitrogenada em milho safrinha será outro assunto discutido na ocasião, por meio da palestra realizada pelo pesquisador de manejo e fertilidade do solo, Douglas Gitti. Serão esclarecidas questões sobre a nutrição das plantas, investimentos em adubação e época ideal para aplicação. O intuito é observar a resposta dos híbridos ao nitrogênio no sulco de semeadura em áreas com adubação de sistema.

Além disso, serão expostas aos participantes informações sobre culturas que servem como alternativa ao milho durante o período outono/inverno, também conhecidas como culturas de cobertura, e que podem auxiliar na estabilidade da atividade produtiva. Entre elas, estão o trigo mourisco, crotalaria ochroleuca, crotalaria spectabilis, nabo forrageiro, guandu, braquiária brizantha, milheto e aveia branca.

Em relação às questões fitossanitárias, o pesquisador de fitossanidade da Fundação MS, José Fernando Grigolli, abordará o enfezamento, patologia que ainda não está muito bem diagnosticada no Estado, mas que já é alvo de estudos para que os produtores possam se prevenir e evitar prejuízos nas plantações. O inseto transmissor dessa doença é a cigarrinha, logo, serão exploradas dicas para detectar esse inseto, bem como os sintomas causados. Opções de fungicidas também entrarão em pauta, com resultados de ensaios que trazem tratamentos e produtos para mostrar como é feito o controle de doenças na cultura do milho.

Serviço - O Dia de Campo em São Gabriel do Oeste será realizado a partir das 7h às 11h, nesta quarta-feira (05/06) na Fazenda Ponto Alto na Estrada Reta velha, ao lado do Crechário da COOASGO. A entrada é gratuita e o evento conta com apoio do Sistema Famasul, Sistema OCB/MS e Aprosoja/MS.

Veja Também