Menu
19 de junho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Contrabando

PMA prende contrabandistas com agrotóxicos

Grupo trazia produtos contrabandeados do Paraguai autua em R$ 16 mil

22 Dez2018Laureano Secundo10h10

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande foram acionados ontem (21) por uma equipe da Força Tática do 10º Batalhão da Capital e autuaram administrativamente (multa) os responsáveis por uma carga de agrotóxicos (produtos perigosos), contrabandeada do Paraguai.

 Os infratores, um de 36 e 39 anos, residentes em Goiânia (GO), tinham sido presos quanto atravessavam a cidade em dois veículos, transportando 800 kg de agrotóxicos e outros materiais contrabandeados do Paraguai, que seriam levados para o estado de Goiás.

A PMA efetuou um auto de infração administrativo e aplicou multa de R$ 8.000,00 contra cada infrator. O Imasul efetuará o julgamento da multa, depois da defesa dos infratores.

Além do crime de contrabando, os infratores também responderão por crime ambiental, previsto pelo artigo 56 da Lei 9.605/1998 que diz:produzir, processar, embalar, importar, exportar, comercializar, fornecer, transportar, armazenar, guardar, ter em depósito ou usar produto ou substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde humana ou ao meio ambiente, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou nos seus regulamentos.  Se condenados, poderão pegar pena de um a quatro anos de reclusão, só pelo crime ambiental.

 

Veja Também

Plano Safra terá R$ 225,59 bilhões em créditos para agricultores
Campanha de vacinação contra aftosa encerra neste sábado em MS
Governo quer acabar com prazo para cadastro ambiental rural
Fiscais de MS vão ao PR conhecer trabalho de retirada da vacinação contra aftosa
MS tem produção prevista de 9,6 milhões de toneladas de milho
Dia de Campo mostra tecnologias para milho safrinha em São Gabriel
Tereza Cristina quer Brasil com política agrícola definida
Prorrogado prazo para cadastramento de áreas para plantio de milho em MS
Informações sobre a safrinha em MS são divulgadas em material gratuito
Produtores de MS devem atualizar dados durante campanha contra aftosa