Menu
22 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Mato Grosso do Sul

Açúcar, soja, carnes, minério de ferro e manganês puxam exportações de agosto em MS

Entre os municípios exportadores o destaque vai para Três Lagoas

8 Set2017Da redação11h06

O crescimento nas exportações de açúcar, soja, carnes, minério de ferro e manganês fez com que o desempenho da balança comercial de Mato Grosso do Sul com o setor externo no mês de agosto de 2017 fosse três vezes maior em comparação ao mesmo período do ano passado. É o que revelam os dados da Carta de Conjuntura do Setor Externo divulgada no último dia 5 pela Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

De acordo com o documento, foi verificado um superávit de US$ 283 milhões no mês de agosto de 2017, bem superior aos US$ 88 milhões verificados em agosto de 2016. Com isso, Mato Grosso do Sul acumula de janeiro a agosto de 2017 um superávit de US$ 1,7 bilhão. Entre os principais responsáveis por esse resultado está o crescimento das exportações dos principais produtos em relação a janeiro a agosto de 2016, como: Soja (alta de 21%), Açúcar (alta de 70,75%) e Abate bovino e preparação de carnes (alta de 13%).

Na avaliação do secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, um dos desempenhos de destaque foi o do setor da mineração, com o minério de ferro registrando alta de 18% e o manganês uma elevação de 101% nas vendas externas. “Embora representem pouco na pauta do comércio exterior, houve uma melhora significativa nas exportações dos produtos de extrativismo mineral. É um movimento importante do mercado que ocorre num momento em que o Governo do Estado implantou a Câmara Setorial da Mineração e discute políticas para o setor”, comenta Jaime Verruck.

Em termos de destino, a China ainda mostra-se como o principal parceiro comercial de Mato Grosso do Sul, com praticamente 40% dos valores exportados. Seguindo a tendência dos últimos meses, registra-se o crescimento da participação da Argentina nas vendas externas do Estado, com 6% do total, mantendo o país sul-americano como o segundo destino das exportações do Estado – tendo a soja e o minério de ferro e manganês como principais produtos.

Entre os municípios exportadores o destaque vai para Três Lagoas – embora a celulose acumule uma queda de 6% em relação a janeiro a agosto de 2016 – seguida por Campo Grande, com o Abate e Preparação de Carnes.

Veja Também

Exportações de carne bovina de MS crescem 5,6%
Programa ABC Cerrado abre vagas para capacitar produtores rurais
MS terá debate sobre energias renováveis na agricultura familiar
Rebanho pode ser dispensado de vacina em 2023
Cultivo de soja convencional tende a crescer em MS
Prazo para adesão ao Programa de Regularização Tributária Rural é prorrogado
Quebra da safra argentina impulsiona  exportação de farelo de soja de MS
Vacinação contra febre aftosa começa em maio
Em Corumbá, pecuaristas devem vacinar 2 milhões de animais contra aftosa
Drone e ferramentas artesanais fazem sucesso na 3ª edição da Tecnofam